Punta Cana em família: dicas e nossa experiência no Barceló Bávaro Palace

  • 19 de setembro de 2019


Em 2012 foi nosso primeiro aniversário de casamento e escolhemos Punta Cana como nosso destino. Ficamos no Barceló Bávaro Palace e aquele lugar nos encantou. 

 

 

Mesmo naquela época, não éramos fãs de resorts (preferimos hotéis boutique), e foi aí que nossos preconceitos caíram por terra. Foi tudo tão bom que decidimos que voltaríamos lá um dia, mas com nossos filhos. 

 

 

E então esse dia chegou. Família de 4 a postos e agregada por mãe e tia, partimos pra reviver uma experiência que marcou muito nossa história. Abaixo vamos fazer um mix de fotos dessa época com as da última viagem, assim vocês terão ideia de como é um local que pode ser curtido tanto a dois como em família. :)

 

 

Nesse post, não faremos um guia de Punta Cana, pois a Gueu do @viagensdagueu acabou indo pouco antes de nós e fez um relato completo! Você pode ler aqui. 

 

A intenção é falar sobre nossa vivência e inspirar vocês a, quem sabe, incluírem esse lugar na lista de hotéis-desejo de pelo mundo. 

 

 

Pois bem. Partimos de Brasília em um voo com conexão em Guarulhos rumo ao aeroporto internacional de Punta Cana (muito fofo, por sinal). Lá, o pessoal da Vacaciones Barceló (@vacacionesbarcelo) nos aguardava para nos levar ao hotel. Desta vez, fizemos o upgrade pra acessar o Premium Level do Barceló: uma espécie de pacote que te garante uma experiência mais VIP dentro do hotel, com inúmeros serviços exclusivos, como o check-in e check-out num lounge privado, café da manhã em uma área mais íntima, canapés e bebidas premium, serviço de recepção com atendimento personalizado.

 

 

O Premium Level, a área mais resevada dentro do Barceló, tem 144 quartos. Assim, apesar de ser gigantão, o hotel te reserva privacidade, tranquilidade e paz, se assim você desejar. Justamente pelo fato de ter uma área bem grande, você nunca vai ter a sensação de estar entupido de gente. Mas, se por outro lado, você estiver afim de agito, há aglomerados perfeitos e atividades voltadas pra quem se recusa a ficar parado.

 

 

Dentre as vantagens desse hotel, está essa possibilidade de atender variados gostos e estilos, e por isso ele acaba sendo tão delicioso pra curtir seja a dois, com amigos ou em família. Sem contar o ambiente sensacional pra casamentos despojados na praia (o hotel conta com uma assessoria/concierge  específico pra isso).

 

 

Nós, da ala dos “vovôs” (que não curtimos agito ou badalação), encontramos facilmente vários cantinhos do Barceló perfeitos pro nosso propósito: alternar momentos totalmente dedicados às crianças, com outros de tranquilidade e sossego, mesmo com os bebês.

 

 

 

Em se tratando então de um lugar totalmente kids friendly, o resort nos proporcionou uma gama de experiências com os pequenos: brinquedoteca com kids club (onde você pode deixar as crianças com monitores em horários programados - mas não usamos esse serviço), inúmeras piscinas com brinquedos de alto padrão, boliche, área de games e muito mais. Além disso, há uma programação intensa voltada para as crianças. 
 

 

 

 

Nem conseguimos aproveitar de tudo, pois nosso lugar preferido era mesmo a praia: entre as sombras dos coqueiros abundantes da praia Bávaro (considerada uma das mais bonitas do Caribe), nos revezávamos entre castelos de areia e contação de estórias de piratas e baleias quando estávamos curtindo a água quentinha, cristalina e incrivelmente calma do mar. Aliás, que mar! Os diversos tons de azul e verde embelezavam a vista e eram uma recompensa diária nessa viagem. 

 

 

 

 

Um dos pontos mais críticos de resorts em geral, na nossa opinião, é a gastronomia. Essa é para nós tão importante quanto a acomodação em si, e por isso estávamos receosos de não encontrar o mesmo nível de qualidade que provamos em 2012 e amamos. 

 

 

O fato que pudemos constatar é: um buffet all inclusive dificilmente vai conquistar cinco estrelas em uma avaliação, e por isso optamos pelos almoços solicitados a la carte em nosso quarto. Sem querer, ao optarmos por esse caminho, pusemos em prática uma estratégia que foi maravilhosa para viajar com bebês: aproveitávamos a espera da comida para fugir do sol forte, dar banho nas crianças e já prepará-las pra soneca pós praia. Então isso foi perfeito pra nos ajudar a manter uma rotina mínima com eles. De quebra, a comida servida lá era ótima! 

 

 

Os jantares, por sua vez, eram um dos momentos mais aguardados do dia. O Barceló conta com 11 restaurantes e, com exceção dos que servem buffet, todos exigem reserva com hora marcada. O nosso horário, por estar com os babies, era sempre o mais cedo, por volta das 19 ou 19:30. Nossos restaurantes preferidos foram o espanhol e o francês. Não deu tempo pra conhecer muitos porque foram apenas 4 noites, sendo a primeira perdida porque chegamos na madrugada. 

 

 

Outra coisa super legal por lá: todos os dias havia uma apresentação teatral ou musical no imenso anfiteatro do hotel. Logo depois do jantar, pedíamos vinho no bar ali ao lado e nos divertíamos com as crianças nas sessões de apresentação dedicadas exclusivamente a elas. Com monitores e animadores a postos pra entreter os pequenos, esse era um dos momentos mais divertidos da viagem. 

 

Como nosso ritmo foi suuuuper devagar (propositadamente) porque o propósito era descansar, deixamos de fazer vários dos passeios deliciosos que fizemos da ultima vez, mas que recomendamos muito: conhecer a Playa Juanillo e a Isla Saona. 

 

Juanillo em 2012

 

Juanillo em 2012

 

Juanillo em 2012

 

Passeio para a Isla Saona em 2012

 

Um cenário maravilhoso na Isla Saona

 

Isla Saona

 

Embora não tenhamos ido, uma ida ao Scape Park, onde está o famoso Hoyo Azul também merece ser obrigatória! Poir ser um passeio de um dia inteiro, achamos que seria um pouco cansativo ir com as crianças. Geralmente, o pessoal conjuga a ida ao Scape Park com a praia de Juanillo, pois ficam perto, na região de Cap Cana.

 

Resultado de imagem para hoyo azul punta cana

Foto do Google

 

Além disso, há o Safari com os golfinhos, passeios de buggy e diversas excursões. Como eu disse, só fica parado quem quer!

 

 

Dessa vez, não pude deixar de fazer algo que eu almejava desde a primeira: um passeio de helicóptero, sobrevoando toda a encosta. Contratamos com a @vacacionesbarcelo. Esse foi um dos pontos altos da experiência no Barceló. 

 

 

As acomodações do hotel são super boas e espaçosas, e super limpas. Mas, como tínhamos ido 8 anos atrás, ficamos surpresos que tudo estava igualzinho aquela vez. Ou seja: ficou a sensação de que a decoração merecia uma renovação! Mas certamente quem vai pela primeira vez não vai ter essa impressão! É tudo bem arrumadinho e moderno. 

 

Tomando uns drinks ao por do sol em 2012

 

Pra quem vai com criança, uma dica: levem carrinho! Devido à dimensão do hotel, ter o carrinho com a gente foi uma mão na roda; caso contrário, haja costas e braços! :)

 

Por fim, o que vale também destacar é que o hotel possui um dos melhores campos de golf das Américas, muito procurados por amantes do esporte. Uma parte do hotel é toda dedicada a atender esse público, com aluguel de equipamentos e até um restaurante localizado estrategicamente perto dos campo (aliás, esse foi um dos achados mais legais de lá - onde, em uma tarde “kids free” - pois ficaram com a vovó -relaxamos um monte e tomamos vários drinks no bar). 

 

Nossos dias no Barceló foram uma delícia. Saímos de lá felizes e confiantes de termos feito, novamente, uma excelente escolha!

 

ps: às vezes, quando vamos a um paraíso como esse, buscamos contratar um fotógrafo local. Em 2012, fizemos um ensaio lindo de Trash the Dress com a @photobykarina. Foi um dos ensaios mais lindos que já fizemos. 

 

 

 

 

 

 

 



Esse artigo foi lido 1572 vezes!

Sobre o Autor

Fernanda de Castro Carvalho

Fernanda de Castro Carvalho é advogada e trabalha na ONU pela defesa dos direitos humanos. Para ela, viajar se tornou mais do que um hobby: é uma necessidade! Nas horas vagas, sonha com o próximo destino e compartilha suas dicas de viagens no insta @nosdo


Veja Também