Como comprar o trem para Machu Picchu

  • 08 de janeiro de 2015


Neste post eu vou mostrar o passo a passo de como comprar os passes de trem para conhecer Machu Picchu, uma das mais cobiçadas atrações da América do Sul.

 

Antes de comprar o trem é importante ter em mente qual será seu roteiro no Peru, mais especificamente na região de cusco.

 

Existem duas opções que são mais usuais: a primeira e mais tradicional é fazendo o famoso bate e volta a partir de Cusco. Nesta opção basta escolher o trem com saída de Cusco (Poroy) até Machu Picchu e a volta de Machu Picchu até Cusco (Poroy).

 

Já a segunda opção são para as pessoas que pretendem chegar bastante cedo em Machu Picchu e fazer a trilha ou simplesmente para quem quer chegar e aproveitar o máximo possível.

 

As pessoas que optam por esse segunda opção geralmente fazem o seguinte roteiro: vão para o passeio do Vale Sagrado e na volta já ficam em Ollantaytambo e pegam o trem no final da tarde até Machu Picchu e pernoita em Água Calientes.

 

Para comprar qualquer passe basta ingressar no site www.perurail.com/ e fazer a opção entre ida ou ida e volta. 

 

Depois de escolher é preciso escolher o tipo do trem. Existem três tipo: Vistadome, O Belmond Hiram Bingham e o Expedition. Ambos são ótimos, contudo, o mais aconchegante e com melhor visibilidade do passeio é o Vistadome.

 

Vamos para Machu Picchu no dia 29/12 e compramos o trem de ida Vistadome, saindo de Cusco às 06:40 e chegando em Machu Picchu às 09:50 e volta no Expedition, saindo às 16:43 e chegando em Cusco (Poroy). O valor de ida e volta para um casal custou 340 usd.

 

Após essa escolha basta preencher os dados e efetuar o pagamento que pode ser feito através do paypal e do cartão de crédito.

 

Obs.: O ideal é fazer a compra concomitante com a compra do Ingresso do parque. Para maiores informações vejam esse post:

 

 

Espero que tenha ajudado com essas dicas. 



Esse artigo foi lido 3909 vezes!

Sobre o Autor

Marcio Vital

Sou Advogado especialista em Direito Civil, Imobiliário e Trabalhista. Meu principal lazer é viajar e fotografar o mundo. Tenho um instagram que funciona como um microblog sobre minhas viagens e hoje conta com mais de vinte e cinco mil seguidores @marcion


Veja Também