Dicas de Cairns: desvendando a maior barreira de corais do Mundo

  • 20 de novembro de 2017


Cairns é uma pequena cidade australiana com pouco mais de 150 mil habitantes que fica localizada no estado de Queensland e é a porta de entrada para quem pretende conhecer a maior barreira de corais do mundo. 

 

Quando ir para Cairns:

 

É possível visitar a cidade durante o ano inteiro e como a Austrália é um país de dimensões continentais vai ser muito difícil encontrar uma época ideal para visitar todas as atrações de uma só vez em seu melhor período, portanto, não dê muito ouvidos à época é vá. Tente apenas evitar o de novembro a abril, época que a Austrália pode sofrer com ciclones tropicais.

 

 

Essa região da Austrália possui basicamente duas estações: o verão e o inverno. O verão é quente, chuvoso e possui uma média de 27 graus. Durante esse período o mergulho na barreira de corais pode ficar um pouco comprometido em razão das chuvas.

 

Já no inverno a média é de 21 graus e a água fica um pouco mais gelada. Nesta época as chuvas são menores a visibilidade é excelente.

 

Como chegar em Cairns:

 

 

A cidade é bastante turística e recebe cerca de 2 milhões de turistas por ano, ou seja, existem voos diretos de diversas cidades da Austrália e de outros países para a cidade.

 

 

Como estávamos em Gold Coast, cidade que escolhemos como base para explorar a Costa de Ouro e Brisbane, pegamos um voo direto de pouco mais de duas 2 horas e 20 minutos pela empresa australiana JetStar e seguimos rumo a Cairns.

 

 

De Melbourne até Cairns o voo tem duração de 3 horas e 25 minutos e é operado pela Tigerair e pela JetStar. Já de Sydney até Cairns o trajeto leva quase 3 horas e varias empresas operam esse trecho.

 

O aeroporto de Cairns fica a 6km do centro da cidade e é possível acessar o centro tanto de táxi (custa em média 25 dólares australianos) como do serviço de shuttles (custa em média 15 dólares australianos).

 

Onde se hospedar em Cairns:

 

 

A cidade conta com ótimas opções de acomodações para todos os bolsos e gostos. Diferentemente das outras cidades australianas é possível ficar no centro da cidade pagando um pouco mais barato.

 

Nos escolhemos ficar no Best Western Plus Cairns Central Apartments e pagamos cerca de 115 AU$ pela hospedagem em quarto duplo. O hotel era bastante bem localizado, situado a pouco mais de 4 quadras das principais atrações da cidade como a Esplanade e a piscina pública de Cairns.

 

São ótimas opções de hospedagem na cidade os seguintes hotéis: Holliday Inn Cairs Harbourside, Shangri-La Hotel The Marina d o Pullman Reef Hotel Casino.

 

 

Clique aqui e conheçam todos os hotéis de Cairns e reservem seus hotéis através dos  que estão presentes no site! Ganhamos com nossos links (banners) do Booking que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis.

 

 

Principais atrações e passeios de Cairns:

 

Passear pela Esplanade: é a orla de Cairns. Diferentemente do que muita gente acredita a Grande Barreira de Corais não fica próximo à costa igual como acontece no nordeste do Brasil. Lá a barreira fica bastante afastada da Costa e o mar da cidade não é tão bonito.

 

Contudo, a orla de Cairns é muito organizada e bem cuidada ideal para dar um passeio. Ao longo do calçadão é possível curtir áreas com gramado; churrasqueia públicas; vários restaurantes e a famosa Esplanada Lagoon, piscina pública da cidade com água do mar que possui uma borda infinita e dá a impressão que estamos tomando banho de mar. Em um dos dias que estávamos na cidade dei um mergulho na piscina e adoramos o ambiente.

 

 

Durante um passeio na orla não deixe de passar no hotel Shangri-La. Lá existem diversos restaurantes e bares que são ideal para curtir o dia após os longos passeios. 

 

Passeio da Barreira de Corais: esse passeio é a principal atração da cidade. São diversas empresas que fazem esse passeio. Existem diversos tipos de passeio: 309 AU$ o passeio mais completo com café da manhã, almoço, queijos e vinhos + 10 minutos de helicóptero;370 AU$ o passeio completo + 30 minutos de helicóptero ou 175 AU$ o passeio completo sem o helicóptero (essa foi a opção que fizemos, pois os helicópteros já estavam com agenda lotada).

 


 

Saímos por volta das 8:00 horas da manhã do terminal marítimo que fica no Porto de Cairns. O barco é imenso e possui uma super estrutura. O trajeto até à barreira de corais  tem duração média de 2 horas.  Assim que chegamos no local nos foi servido um delicioso café da manhã e fomos fazer snorkeling. 

 

 

 

A vida marinha da região é impressionante. São diversas espécies de corais e peixes de varias espécies. Mergulhamos incansavelmente de snorkeling e observamos com calma toda a beleza natural da maior barreia de corais do planeta. 

 

Também é possível fazer mergulho de cilindro pagando um valor adicional, mas o mergulho de snorkeling foi tão divertido que eu não quis fazer mesmo tendo a carteirinha de mergulho. 

 

O barco troca de posição duas vezes para mostrar pontos diferentes da Barreira de corais. Ao todo são quase 5 horas desvendando as barreiras de corais. No segundo ponto foi servido nosso almoço e no final da tarde foi servido queijos e uma taça de vinho. A primeira estava incluída, mas a partir da segunda em diante tinha que pagar 2 AU$ por taça. Chegamos na cidade por volta das 16:30 - 17:00 horas.

 

Passeio paras as ilhas próximas: é possível fazer um bate e volta para as ilhas de Fitzroy, Michaelmas Cay e Green Island. Escolhemos passar o dia na Michaelmas Cay. O Passeio custou 208 AU$ por pessoa incluído café da manhã, almoço e queijos com vinho. Também são quase duas horas de navegação até chegar no paraíso.

 

 

A ilha de Michaelmas Cay é belíssima, achamos mais bonita e agradável até que o passeio da Grande Barreira de Corais. A cor da água do local é impressionante e os corais que vimos na região foram ainda mais bonitos do que os pontos levados no passeio da Grande Barreira.

 

No local existe uma ilha que mais parece um grande banco de areia onde é possível passear nela e ver uma grande quantidade de aves que ficam no centro da Ilha. Esse local não é acessível pois é o local onde as aves se reproduzem e guardam seus ninhos, mas dá pra chegar bem perto e tirar ótimas fotos.

 

 

Visitar Port Douglas, cidade vizinha de Cairns, há várias praias bonitas ideal para quem quer relaxar. Infelizmente não tivemos tempo de fazer esse passeio mas nosso amigo Deco Villar e sua esposa Manú fizeram e gostaram muito! 

 

Passeio de helicóptero: o passeio pode ser comprado juntamente com passeio da Barreira de Corais ou separadamente. Os ticket são vendidos em diversos pontos da cidade a custam cerca de 300 AU$ (passeio avulso) é tem duração de 30 minutos ou 370 AU$ com passeio full day da Barreira de Corais + passeio de 30 minutos de helicóptero. Nós não fizemos o passeio, mas nossos amigos Deco Villar e Manu recomendaram e adoraram.

 

Foto: http://www.helitoursnq.com.au/

 

Seguro viagem:

 

Sempre que viajamos para o exterior fazemos seguro viagem internacional. Para essa viagem não poderia ser diferente. Fizemos nossa cotação através do Real Seguro Viagem que é uma empresa bastante seria e que nunca nos deixou na mão.Para fazer uma cotação é só CLICAR AQUI.

 

O que achamos de Cairns: 

 

 

Se você gosta de mergulho, aventuras e de um marzão lindo pode ter certeza que Cairns é um destino surpreendente que merece ser visitado. Recomendamos para pessoas de todas as idades em especial para as que gostam de praia. Três dias inteiros são suficientes para explorar a região com calma!

 

Espero que tenham gostado das nossas dicas e qualquer dúvida é só perguntar que teremos o maior prazer em respondê-los.

 

Fotos do Post: Diogo Vital e Marcio Aguiar Valença. Fotos aéreas: http://www.helitoursnq.com.au/




Sobre o Autor

Marcio Aguiar Valença

Médico apaixonados por viagens


Veja Também