Marcio no Mundo




Dicas de Manaus: tudo sobre a capital do Amazonas


Publicado em 11 Mai 18



Booking.com



Manaus é a capital do Estado do Amazonas, fica localizada na região norte do Brasil no centro da maior floresta tropical do mundo - a Floresta Amazônica. Visitar a Floresta Amazônica e Manaus estava na nossa lista de desejos há vários anos, mas por um imprevisto e outro nunca havíamos tido a real oportunidade de visitar esse paraíso cercado de verde, animais, muita história, uma gastronomia maravilhosa e passeios capaz de surpreender até mesmo aqueles que não são adeptos do turismo ecológico.


Viajamos para Manaus a convite do famoso Juma Amazon Lodge, um dos principais hotéis de floresta da Amazônia, e do hotel Quality Suites Manaus, uma das melhores opções de hospedagem de Manaus, e fracionamos a nossa viagem da seguinte forma: duas diárias em Manaus e duas diárias na Floresta Amazônica.

 

Vejam o vídeo com os melhores momentos dessa viagem maravilhosa passando pelas principais atrações de Manaus e aproveitem e se inscrevam em nosso canal do Youtube:

 

 

Como chegar em Manaus:

 


 

Poucas são as capitais do Brasil que possuem voos diretos para Manaus. Como moramos em Maceió, Alagoas, a viagem até Manaus é uma verdadeira contramão pois necessariamente temos que descer para o Sudeste ou Centro Oeste e depois subir para o Norte.


Na maior parte do ano as passagens são bem caras, mas não desanimem pois com muita procura é possível encontrar algumas tarifas interessantes para embarcar para essa aventura.


Compramos nossa passagem com a Gol por pouco mais de R$ 900 reais e partindo de Maceió era o melhor custo x beneficio pois o voo chegava em Manaus por volta das 10:30 da manhã e retornava no meio da tarde, ou seja, dava tanto para aproveitar o dia de ida como o dia da volta.

 

Quando ir para Manaus:


A cidade e a floresta podem ser visitadas o ano inteiro! Em geral o clima de Manaus é quente e abafado. Durante o período do verão (junho a novembro) costuma chover rapidamente uma vez ao dia. Quem aí não lembra daquela aula do colégio que o professor falava que em Manaus a população marca para sair após a chuva!? É verdade, pois o Estado é tão grande e a Floresta tão imensa que em algum ponto do Estado sempre pode estar chovendo.

 


 

Para visitar a floresta existem duas épocas: a cheia, período que o Rio fica cheio e é possível explorar os igarapés e igapós, e o de seca, período que o volume de água diminui imensamente nos rios.


Sempre costumo dizer que o melhor período é aquele que a gente pode viajar! Como somos profissionais liberais pegamos o feriados de finados e compramos nossas passagens e fomos desvendar esse paraíso. Viajamos no auge da seca e os rios estavam com sua vazão mínima! O interessante de viajar nessa época é que diversas praias se formam nas margens dos rios e é a época ideal para pescaria.

 

O que fazer em Manaus:


Passamos apenas dois dias inteiros Manaus, porém, indicamos no mínimo três dias para conhecer suas principais atrações com calma e fazer um bate e volta para o Município vizinho de Presidente Figueiredo.


Na região do centro histórico a melhor forma de explorar é andando. Não deixem de visitar as seguintes atrações:


Teatro Amazonas: principal cartão postal da cidade. Foi inaugurado em 31 de dezembro de 1896. É o símbolo sócio-econômico-cultural do Estado do Amazonas. Ao longo da sua história foi palco de grandes eventos que marcaram a história de Manaus.

 


 

A visita guiada custa R$ 20,00 reais inteira e R$ 10,00 a meia. O tour tem duração de cerca de 45 minutos e os guias contam com detalhes a história dessa imponente casa de espetáculos que foi construída com a marcante presença da arquitetura francesa.

 


Em frente ao Teatro fica situado a praça do Largo de São Sebastião , local onde o piso possui o desenhos de ondas que representam o encontro do Rio Negro com o Rio Solimões. Mais tarde o desenho foi reproduzido na Praia de Copacabana e se tornou conhecido mundialmente.

 


Também no centro não deixem de visitar o Paço Provincial, Palácio Rio Negro e o Palacete Provincial.

 


Já na região do porto não deixem de visitar o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, local onde os manauaras compras de tudo! Desde temperos e especiarias até peixes.

 


Em frente ao teatro fica situado o Porto de Manaus, local onde partem a maioria dos passeios que são feitos pelo Rio e os diversos barcos que levem para os diversos municípios do Amazonas e dos Estados circunvizinhos.

 

Com os amigos Nay e Jair do @casalnomade. Obrigado pela assistência.

 


É impressionante a quantidade de barcos que existem na região e o comércio que ali é feito! Os barcos transportam de tudo (comida, material de construção, carros, eletrodomésticos, máquinas agrícolas, entre varias outras coisas).

 


Para explorar as atrações mais afastadas recomendamos pegar táxi ou Uber. Atrações afastadas do Centro Histórico:


Ponta Negra: essa é um das regiões mais valorizadas da cidade! A orla de Ponta Negra é muito bem cuidada e é ideal para um passeio durante o final de tarde para curtir o pôr do sol. Na região existem quiosques que vendem de tudo, sorveterias com sorvetes regionais e barracas que vendem açaí.

 


Visitar o Museu da Amazônia - MUSA: infelizmente não tivemos tempo de visitar essa atração, porém, ela é muito recomendado pelo TripAdvisor e pelos manauaras. Recomendamos tirar um período inteiro para visitar a região, pois existem trilhas e um observatório que tem uma vista privilegiada da floresta amazônica.


Outras atrações turísticas que ficam nos arredores e que são recomendadas para quem gosta do ecoturismo. Para conhecer essas atrações fizemos o passeio de um dia inteiro com a empresa Iguana Tour @iguanatour, umas das empresas mais conceituadas da região.


Encontro das Águas: sem dúvida uma das atrações mais procuradas pra quem vai para Manaus. É nada mais nada menos que o encontro do Rio Negro (que nasce na Colômbia) com o Rio Solimões (nasce no Peru). Essa foi a nossa primeira parada no passeio.

 

 

Parque ecológico January: nesta parada é feita uma pequena trilha na floresta onde são dadas informações sobre algumas das árvores que existem na região. Durante a trilha visitamos uma Sumauma centenária e na volta do passeio tivemos a oportunidade de alimentar algumas pirarucus, um dos maiores peixes de água doce do mundo.

 


Mergulho com boto cor de rosa: no passeio de um dia inteiro também é possível mergulhar com boto cor de rosa, espécie de golfinho de água doce que só possui nessa região do mundo. Existe um lugar no Rio Negro onde é possível mergulhar com os botos! Uma experiência única.

 


Visita a Aldeia indígenas: a última parada no passeio que fizemos foi na Aldeia Tuyuca, local onde é possível ver a apresentação de um ritual indígena. Não vá achando que encontrará uma tribo isolada do mundo, mas é muito interessante conhecer um pouco mais sobre a cultura indígena.

 


 

No local o cacique conta um pouco da história da tribo, faz uma apresentação e algumas danças típicas! No final é possível provar um pouco da comida deles e comprar o artesanato feito pela tribo.

 

 

Bate e volta para Presidente Figueiredo: este município fica a mais ou menos uma hora de Manaus e é conhecido na região por suas lindas cachoeiras. Varias empresas fazem esse passeio. Recomendamos a @iguanatour que foi a empresa que fizemos o passeio do dia inteiro nos arredores de Manaus.

 

Praias Fluviais de Manaus: durante o período da seca as faixas de areia dos Rios são bastante aproveitadas pelos locais pelos turistas.

 

 

Onde se hospedar em Manaus:


A cidade possui boas opção de hospedagem e os preços dos hotéis são bastante acessíveis. Ficamos hospedados numa localização excelente no Hotel Quality Manaus.


O Hotel Quality Manaus é muito bom, possui uma ótima estrutura, quartos amplos e confortáveis, atendimento nota 10, café da manhã farto, localização ótima próximo do centro histórico e vizinho ao Shopping Manauara, o melhor shopping da cidade.

 

 

Hotel Villa Amazônica: Situado a 70 metros do Palácio da Justiça do Amazonas, o Hotel Villa Amazônia oferece ambientes 5 estrelas com piscina, restaurante, academia e jardim. A acomodação dispõe de terraço, além de quartos com ar-condicionado, Wi-Fi gratuito e banheiro privativo. Além da localização excelente a decoração do hotel é incrível. CLIQUE AQUI para conhecer mais.

 

 

Tropical Manaus Ecoresort: é um resort 5 estrelas e a porta de entrada para a Floresta Amazônica. O resort inclui 2 restaurantes, que servem cozinhas tradicional e internacional. Você pode jogar tênis e vôlei, ou fazer uma trilha a pé na mata. A propriedade também conta com um minizoológico e equipe de recreação que é ideal para quem tá indo com a criançada. Clique aqui para conhecer mais do hotel. CLIQUE AQUI e saiba tudo sobre o hotel.

 

 

Quer conhecer mais sobre os hotéis da região? Clique aqui e reservem seus hotéis através dos nossos links (banners) do Booking e do hoteis.com que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis.

 

O que levar para Manaus:


A cidade é bastante quente o ano inteiro, portanto, recomendo levar roupas leves para fazer os passeios; tênis apropriado para fazer as trilhas; chapéu; óculos de sol; protetor solar; roupa de banho; vacina da Febre Amarela.

 

Compras em Manaus:

 


Manaus é uma cidade grande com mais de 2 milhões de habitantes segundo o últino senso e com quase 3 milhões segundo os moradores da cidade. Como toda cidade grande possui grandes centros de compras. Os principais shoppings da cidade são: o Shopping Manauara, Amazonas e o Ponta Negra.


O Shopping Manaura ficava do lado do nosso hotel. Fomos um dia nele e ele é imenso e possui todas as lojas de um shopping de cidade grande. Para quem gosta de temperos e especiarias uma parada obrigatória na cidade é o mercado Adolpho Lisboa.

 

Principais restaurantes de Manaus:


A gastronomia de Manaus possui diversas peculiaridades, pois a região norte do Brasil apresenta uma diversidade de cores, cheiros e sabores que habitualmente são traduzidos nas comidas regionais.


Como podemos citar as varias espécies de peixes, frutas, vegetais e especiarias. A gastronomia de de Manaus é apaixonante e foi sem dúvida uma das que melhores que já provamos em nossas vidas. Vamos falar agora de alguns produtos que não podem deixar de ser provados:

 


Fotos dos pratos so restaurante Caxiri.

 

Caxiri: restaurante localizado em frente ao Teatro Amazonas. É um dos restaurantes mais conceituados da cidade. O ambiente é super agradável e possui uma vista linda do Teatro. Pedimos de entrada: magret de pato artesanal curado como presente cru, matenga de jambu laranja; Crostini de Pirarucu com cebola caramelizada e castanha e bolinho de tambaqui com chutney de cupuaçu e tudo estava divino.

 

Como prato principal pedimos uma costela de tambaqui e um arroz de tacacá simplesmente um dos melhores das nossas vidas. Tudo isso regado a drinks exóticos como a caipirinha de limão com cachaça de jambu, melaço de cana e cuxuri.

 

Moquem do Banzeiro: restautante localizado em um anexo do shopping Manaura. O ambiente é super agradável. Pedimos uma entrada de dadinho de tapioca com geleia de cupuaçu e de prato um Matrinxã assado na folha de bananeira acompanhado de baião de dois e vinagrete. Tudo estava excelente.


Glacial sorvetes: não deixem de forma alguma de provas os sorvetes com as frutas típicas da região como o cupuaçu, buriti ou taperebá.

 

Pratos típicos que devem ser provados: Tacacá: espécie de sopa de tucupi com goma de mandioca e camarão. Quem estiver nos arredores do Teatro Amazonas não deixe de provar o Tacacá da Gisela; Em relação aos peixes não deixem de provar o Tucunaré assado, costela de Tambaqui, Pirarucu e o Matrinxã, peixe que mais gostamos.


Outros restaurantes que não visitamos mas que foram muito indicados por amigos e seguidores: Banzeiro, Coco Bambu Manaus,Tambaqui de Banda e o La Parilla.

 

O que achamos de Manaus:

 


Vale muito a pena conhecer o Norte do Brasil. Manaus foi um destino que nos surpreendeu positivamente. A cidade é bastante organizada, possui um centro histórico lindo bastante preservado, passeios maravilhosos e belezas naturais belíssimas. Espero que tenham gostado das nossas dicas. Qualquer dúvida é só perguntar que teremos o maior prazer em respondê-los.



Esse artigo foi lido 2544 vezes!


Texto Escrito Por:

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 45 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo



Comentários

Publicidade




Booking.com

Seguro viagem geral 250x250

Encontre-nos no Facebook




Posts Relacionados


Nossa experiência na Floresta Amazônica: Juma Amazon Lodge

22 Ago 18

Dicas de Manaus: tudo sobre a capital do Amazonas

11 Mai 18

Posts Mais Populares


Alagoas: Dicas de São Miguel dos Milagres

Alagoas

Guia completo de Maceió

Alagoas

Praia do Patacho - uma das praias mais bonitas do Brasil

Alagoas