Marcio no Mundo




Dicas da Bulgária: tudo o que você precisa saber antes de conhecer o país


Publicado em 02 Set 17



Booking.com



O que se esperar da Bulgária? O que se vê por lá?

 

 

Muita história! Caminhar pelas cidades búlgaras é se deparar com a história passada bem presente. Igrejas ícones (como a Catedral Alexander Nevsky (foto acima), símbolo da capital Sofia), mesquitas, palácio, fortalezas, monastério grandioso, cidades medievais... Esses são alguns exemplos do que se pode ser explorado pelo país.

 

Foto: Monastério de Rila

 

Bem, a Bulgária é o país mais pobre da União Europeia, passou por um longo período de domínio do Império bizantino (Império Romano do Oriente, com religião base a igreja ortodoxa e cristianismo, por isso a presença de tantas igrejas) e só teve sua independência em 1878 como um Principado Autônomo, após longo período de domínio Otomano (por isso a presença de mesquitas e religião islã também presente) e a independência total apenas em 1908.

Após a Segunda Guerra Mundial, o país ainda teve influência da União Soviética tendo seu governo comunista encerrado apenas em 1990.

 

 

 

Saber um pouquinho dessa história nos ajuda a compreender mais sobre as principais atrações do país e cultura de seu povo.

 

Bulgária: um país produtor de rosas e suas essências

 

Curiosidade: a Bulgária é um super produtor de essência de rosas. Na verdade, o país é um dos principais produtores mundiais do óleo essencial de rosa, em especial da rosa-damascena. A Bulgária inclusive possui  uma proteção  que assegura a garantia de autenticidade e qualidade do produto. 

 

No famoso Vale das Rosas, onde se situa o Instituto da Rosa de Kazanlak, a técnica de extração continua a ser a mesma que se realizava há quase 400 anos. 

 

Pelo país nos deparamos com MUITAS lojas com produtos a base de rosas e especialmente a vende da própria essência. Os produtos vão desde cosméticos como cremes, perfumes, sabonetes, até doces a base de rosas. 

 

Não deixe de comprar por lá algum produtinho como esses.

 

 

Como chegar na Bulgária?

 

Fizemos todo o trajeto numa van fretada com nosso grupinho, pois estávamos viajando por mais países Bálcãs. Fomos da Macedônia e saímos para a Romênia. Nossa entrada de avião aos Bálcãs foi via Skopje na Macedônia vindo de Roma.

 

Para Sofia, capital búlgara, existem voos de algumas cidades europeias como: Frankfurt, Londres, Roma, etc. É só pesquisar com as empresas aéreas, bem tranquilo.

 

Brasileiros não precisam de visto.

 

Quando ir para a Bulgária?

 

Com clima continental, o país possui invernos bastante frios e verões bastante quentes. Os invernos são rigorosos, podendo ter temperaturas como -15° entre dezembro e janeiro.

 

O mais bacana é aproveitar os meses mais quentes: entre maio e setembro ( eu fui em setembro).

 

 

Religião na Bulgária

 

A principal religião á a Igreja Ortodoxa Búlgara.

 

Culinária Búlgara

 

É muito saborosa! Bastante influenciada pelo domínio otomano, a culinária na Bulgária tem umas coisas que lembram muito o que vemos na Turquia, como as famosas baklavas (doce com massa de filó e nozes ou pistache).

 

Queijo branco (muuuito comum nos Bálcãs), especialmente acompanhados de um pãozinho caseiro , iogurte (o combo queijo e iogurte é muito comum para entradas), saladas, guisados, carnes de frango, porco..´Muitos vegetais, frutos do mar, carnes e peixes frescos.

 

 

Não deixe de provar: Moussaka (cordeiro assado na brasa, iogurte e salada), Banitsa (uma massa fina recheada), Shopska Salata ( comum com tomates e básica nas entradinhas, Tarator, Katut, , etc. Provem tudo sem medo, vale a pena!

 

Foto abaixo: peixe típico da região de rila, Iogurte/queijinho típico de entrada, guizado, cogumelos, e salmão.

 

 

O que vestir na Bulgária?

 

Tudo normalzinho, nenhuma exigência, apenas em alguns lugares religiosos é preciso cobrir os ombros.

 

 

Idioma da Bulgária?

 

O idioma oficial é o búlgaro mas em todo lugar também se fala inglês.

 

Moeda e Câmbio na Bulgária

 

A moeda utilizada é o Lev Búlgaro. Um Lev equivale a +/- 0,51 euros.

 

Que cidades visitar na Bulgária?

 

Nós visitamos a capital Sofia, o famoso Monastério de Rila (fica a duas horas de carro da capital), Koprivshtica (ô nome difícil né?), Plovidiv, Etara, Veliko Tarnovo, Arbanasi e Ruse (cidade que faz fronteira com a Romênia).

Saiba mais sobre as cidades clicando em seus nomes smiley.

 

O que achamos da Bulgária:

 

Finalizo o post dizendo que, apesar de ser um país ainda pouco visitado por nós brasileiros, eu gostei de conhecer a Bulgária, entretanto não me marcou muito.

 

Na mesma viagem conheci mais dois países dos Bálcãs, a Romênia e a Macedônia, e, fazendo um comparativo no nível identificação, os outros ficaram na frente em meu ponto de vista.



Esse artigo foi lido 369 vezes!


Texto Escrito Por:

Ana Carla Gameleira

Psicóloga clínica e nas horas vagas viajante. Acompanhem minhas fotos no Instagram: @relatosdeviagens



Comentários

Publicidade


Booking.com

_300x250_CGH_SDU.jpg

Generic 250x250

Seguro viagem geral 250x250

Encontre-nos no Facebook




Posts Relacionados


Dicas da Bulgária: tudo o que você precisa saber antes de conhecer o país

02 Set 17

Posts Mais Populares


Praia do Patacho - uma das praias mais bonitas do Brasil

Alagoas

Alagoas: Dicas de São Miguel dos Milagres

Alagoas

Guia completo de Maceió

Alagoas