Marcio no Mundo




Nossos mergulhos em Malta: dicas e informações importantes


Publicado em 01 Jul 17



Booking.com



Malta é um dos destinos mais espetaculares da Europa, repleto de boas atrações, praias lindas, cidades históricas com uma cultura riquíssima e diversos pontos de mergulho que fazem com o destino já sido considerado por várias revistas especializadas com um dos melhores pontos de mergulho da Europa. Neste post vou contar dicas e informações dos nossos mergulhos em Malta.

 

Existem mais de 40 escolas de mergulho em Malta! Optamos por fazer todos os nossos mergulho com empresa Divewise, empresa bastante conceituada e com pontuação máxima no TripAdvisor, que ficava estrategicamente localizava na esquina do nosso hotel e apartamento em St Julians, mais especificamente dentro da estrutura do hotel The Westin Dragonara.

 

A escola era super organizada com profissionais super atenciosos, equipamento de primeira (melhor equipamento que já vi), localização muito boa em frente ao mar, e com transporte e barco para acesso aos principais pontos de mergulho da Ilha.

 

Como estávamos fazendo intercâmbio em Malta e estávamos estudando na EC de St Julians eles tinham parceria com a escola e tinham um preço diferenciado. Fizemos a reserva do mergulho pela internet e pagamos diretamente na escola. O pacote com 2 mergulhos custava 80 euros; com 4 mergulhos 140 e com 6 mergulhos 215 euros (já incluído todo equipamento e transporte para qualquer lugar dentro da ilha principal de Malta). Só não incluía os transportes se fossem feito na ilha de Gozo (20 euros o Ferry) ou Comino (30 euros o barco). 

 

Malta, Comino e Gozo possuem excelente pontos de mergulho. Vou falar aqui os principais em cada uma delas: Malta: Próximo a Blue Arch:  El Faroud Wreck; na região de Cirkewwa reef tem o P 29, o Arch e Rosi Tug Boat; Próximo a Valleta Hms Maori e na ilha de Manoel Island o X-127. Comino: P 31 e Blue Lagoon; e, Gozo: Blue Hole, o ponto mais cobiçado de Malta e o Inland Sea.

 

 

No nosso primeiro dia de mergulho em que pese o Curso Avançado o pessoal da escola queria que eu fizesse um mergulho pra ver minhas "habilidades" antes de fazer outros mergulhos mais profundos. Essa "preocupação" acontece exatamente com todo mundo! Sempre o primeiro mergulho será feito em um local tranquilo para avaliação do nível. 

 

Meu primeiro mergulho foi em um ponto em frente à escolha em St Julians chamado de "House Reef", local com acesso a pé, com excelente visibilidade, pouca vida marinha e profundidade máxima de 12 metros. 

Depois do primeiro mergulho pegamos o transporte da empresa e fomos para Manoel Island, ilha que fica entre Sliema e Valleta, e fizemos nosso segundo mergulho no naufrágio X-127 que foi bombardeado e naufragou na primeira guerra mundial. 

 

Mergulho inicia em 3 metros e vai até 22 metros no ponto mais profundo. Visibilidade muito boa e rica vida marinha no naufrágio. Adoramos o mergulho, mas ainda estava longe do que queríamos de fato ver na ilha.

 

Na nossa segunda semana em Malta resolvi que queria fazer apenas os melhores pontos da Ilha (Blue Hole, Inland Sea e os grandes naufrágios). Entrei em contato com a escolha e como tínhamos vários dias na ilha consegui reservar os mergulhos para os pontos que queria.

 

Nosso segundo mergulho aconteceu em Gozo, ilha que fica mais afastada de Malta. Cheguei por volta das 7:45 da manhã na escolha, conferimos todo equipamento e iniciamos nossa  viagem (são cerca de 40 minutos de San Julians até a estação de ferrie + 20 minutos de barco + 20 minutos em Gozo até Dwejra). 

 

 

Em Gozo nosso primeiro mergulho foi na Blue Hole, ponto mais conhecido e cobiçado de Malta. Trata-se de um buraco nos arrecifes onde os mergulhadores acessam e saem no mar. A visibilidade do lugar é absurda, pegamos o dia mais de 50 metros. Um mergulho que nunca sairá da minha memória. 

 

Nosso mergulho teve profundidade máxima de 30 metros e 45 minutos de fundo! Um mergulho multinível maravilhoso, com muita vida, cavernas e chaminés. Não deixe em hipótese alguma de visitar esse ponto.

O segundo mergulho em Gozo foi o Inland Sea, que fica do lado do Blue Hole. Entrando no mar do interior de 2m de profundidade, no começo, pode parecer não ser tão impressionante, no entanto, uma vez que você mina 60 metros de comprimento e alcança a entrada do túnel de 80 metros de comprimento onde a luz muda à medida que você desce de 9m até 26m, onde o túnel se abre para o mar.

 

Esse é um mergulho completamente diferente de qualquer outro que você fará em sua vida! Simplesmente impressionante! Quando chegamos no mar aberto aconteceu um verdadeiro espetáculo. Um grande cardume de peixe sendo caçado por grandes atuns! Um cena linda. Sem dúvida vale muito a pena esse mergulho. Chegamos em Malta apenas por volta das 16:30 horas.

 

Nosso terceiro e ultimo dia de mergulho em Malta fomos mergulhar nos melhores naufrágios da Ilha. Fomos para Cirkewwa reef, que fica no extremo norte da ilha, do lado de onde se paga os barcos para Gozo. 

 

O primeiro mergulho foi no P29, naufrágio que estava mais ansioso de fazer na ilha. Trata-se de um naufrágio afundado de forma intencional em 2007 e que possui muita vida marinha. Além disso, ele possui algumas armas como uma metralhadora na parte da frente do navio. 

 

 

O mergulho inicia em em um coral de 4 metros e profundidade e depois tem um paredão de 20 metros. Depois de 5 minutos em mar aberto avistamos o naufrágio. Foram cerca de 35 minutos de mergulho com profundidade máxima de 32 metros. Realmente imperdível fazer o P29 em Malta.

O segundo mergulho na região de Cirkewwa reef foi no Rosi Tug Boat que naufragou em 1992 e possui 40 metros de cumprimento. O naufrágio é muito interessante e possui muita vida marinha com peixes de todos os tamanhos. 

 

Nosso mergulho teve duração de 38 minutos e profundidade máxima de 30 metros. Na volta ainda curtimos um pouco os paredões rochosos de Cirkewwa reef e fomos conferir a Maddona, estátua de uma Santa que existe no fundo do mar. 

 

Conheçam todos os hotéis de Malta CLICANDO AQUI e reservem seus hotéis através dos nossos links (banners) do Booking que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis. 

 

LEIAM NOSSOS OUTROS POSTS DA LINDA ILHA DE MALTA.

 

Enfim, mergulhar em Malta foi uma das melhores experiências de nossas vidas! Já mergulhamos em diversos locais do mundo, mas Malta ficará em nossas memórias para sempre! Não deixem de reservar com antecedência os mergulhos para evitar qualquer imprevisto. Qualquer dúvida que tenham é só perguntar que teremos o maior prazer em respondê-los.



Esse artigo foi lido 174 vezes!


Texto Escrito Por:

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 45 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo



Comentários

Publicidade


Booking.com

_300x250_CGH_SDU.jpg

Generic 250x250

Seguro viagem geral 250x250

Encontre-nos no Facebook




Posts Relacionados


Dicas de Malta: passeios, atrações, praias, hotéis, mergulho e muito mais

01 Set 17

Vale a pena fazer intercâmbio? Vejam o que achamos

01 Ago 17

Nossos mergulhos em Malta: dicas e informações importantes

01 Jul 17

Posts Mais Populares


Praia do Patacho - uma das praias mais bonitas do Brasil

Alagoas

Guia completo de Maceió

Alagoas

Alagoas: Dicas de São Miguel dos Milagres

Alagoas