Dicas de Munique: uma das mais belas cidades da Alemanha

  • 04 de maio de 2017


Munique (em inglês Munich e em alemão München) é a capital da região da Baviera e conta com cerca de 1,3 milhões de habitantes, sendo a terceira mais populosa do país perdendo apenas para Berlim e Hamburgo. A cidade é mundialmente conhecida por sediar o Oktoberfest, uma tradicional festa alemã que é uma das maiores do mundo e que movimenta muito o turismo de todo o país.

 

Munique é uma cidade moderna e um importante centro financeiro da Europa! A região é sede de diversas empresas de renome como a BMW, Allianz, Siemens e a Linde. Além disso, é sinônimo de ótimas atrações turísticas, belos parques, um centro histórico bastante preservando, lindos palácios, grande variedade de museus e muitas possibilidades de passeios de um dia.

 

Como chegar em Munique:

 

Sobrevoando os Alpes Suiços.


O Aeroporto Internacional de Munique Franz Josef Strauß foi aberto em 17 de Maio de 1992 e atualmente é juntamente com Frankfurt os dois aeroportos que são base da empresa recebendo diversas conexões de várias partes do mundo.  Partindo do Brasil a Lufthansa e a TAM fazem voos diários e diretos para Munique com duração aproximada de 11 horas. 

 

Quando ir para Munique: 

 

Palácio de Nymphenburg.


Munique fica no região da Baviera e possui temperaturas amenas praticamente todo o ano. A cidade pode ser visitada praticamente em todos os meses, porém, é no verão que a cidade vira um dos points mais badalados da Europa com preços altíssimos e lotação máxima em seus hotéis.


Um período legal para visitar a região sem perder o glamour da alta estação é no período entre o inverno e o verão nos meses de abril e maio e de setembro e outubro. O Oktoberfest, principal festa da cidade, acontece geralmente no final de setembro ou início de outubro! É importante verificar a data com antecedência para reservar o hotel pois a cidade fica completamente lotada no período.

 

Dica importante: existe o festival da primavera em Munique que é uma segunda festa que parece o Oktoberfest sendo que em proporções menores. A festa é bem parecida com muito chopp, música típica, comida típica e bastante diversão.


Estive na região no período de Abril e peguei dias meio nublados com períodos de sol com temperaturas variando entre os 18 e 3 graus. 

 

Passaporte e visto para Alemanha:

 


Para ingressar na Alemanha os brasileiros precisam de passaporte válido com pelo menos 3 meses de validade. Os brasileiros não precisam de visto para conhecer o país em caso de turismo e desde que não fiquem no país por mais de 90 dias. A única exigência é o seguro obrigatório no valor mínimo de 30 mil euros e estar com passagem de volta.

 

Como conheci Munique:

 

Parque Olímpico de Munique.

 

O Trem liga praticamente todos os bairros da cidade e tem acesso direto do aeroporto internacional até o centro. Logo na chegada comprei um ticket de 12,5 euros que dava direito a usar o metrô de forma ilimitada durante um dia.

 

Ônibus hop-on, hop-off: pelo que pude observar existem duas empresas na cidade uma vermelha e outra azul. Contratei a azul por dois dias e o ticket custou 27 euros. A cidade possui dois circuitos um mais central e outro que passa pelas atrações mais afastadas. Fiz um dia um circuito e no outro outro circuito e deu pra conhecer praticamente todas as atrações mais turísticas da cidade.

 

Onde se hospedar em Munique:

 

Munique possui uma excelente rede de hotéis com opções para todos os gostos e bolsos. O país possui em geral preços bons um pouco abaixo das demais capitais europeias. Se quiser fazer tudo à pé opte por ficar na região mais central da cidade próximo a Marienplatz. Conheçam os principais hotéis da cidade clicando aqui e aproveitem e façam sua reserva.

 

Principais atrações de Munique:

 

Munique é uma cidade grande e bastante desenvolvida possuindo mais de um milhão de habitantes. Como toda cidade grande alemã a mesma possui várias atrações legais, muitas praças, museus, rua charmosas, lojas, cultura vibrante, estádios e grandes parques. Conheçam um pouco das principais atrações de Munique:

 

Marienplatz: é nada mais nada menos do que a principal praça da cidade. É nela onde fica a Coluna de Maria, monumento que deu nome a praça. Na Marienplatz também é onde fica localizada a Neues Rathaus (prefeitura da cidade). Nos arredores da praça existem diversas lojas e restaurantes sendo bastante convidativo uma pausa para um café ou até mesmo para provar uma das inúmeras cervejas alemãs nas cervejarias Paulaner, Hofbräuhaus, Augustiner-Bräu e a Franziskaner.

 

Foto divulgação.

 

St. Peter Church: é uma das igrejas mais bonitas de Munique, porém, o ponto alto e alto nisso é a vista do alto da igreja. São cerca de 300 degraus que podem ser percorridos por uma taxa de pouco mais de 2 euros. 

 

Entretanto no dia que eu ia subir a mesma estava fechada, mas quase ao lado existia um outro local onde era possível subir cerca de 14 andares e ter uma vista panorâmica de boa parte da cidade. O ingresso custou 3 euros e valeu muito a pena.

Hofbräuhaus: é uma das cervejarias mais conhecidas do mundo! Ir para Alemanha e não tomar um chopp no local é o mesmo que ir para Paris e não vê a torre Eiffel rsrsrs. A cervejaria é linda e possui uma decoração maravilhosa. Não deixem de pedir um chopp de um litro (custa em torno de 9,60 euros e o de meio litro 4,5 euros) e tomar com uma salsicha alemã ou com um pretzel (custa 3,6 euros). Quase todos os dias existe shows típicos da Alemanha. Realmente é uma atração imperdível.

BMW Museum: no dia em que for conhecer o museu se programe para visitar o Parque Olímpico e o Aquário de Munique (Sea Life München) que ficam todos um do lado do outro. Existem dois ambientes: um onde mostram os carros modernos e motos que estão à venda e o outro é o Museu que paga para entrar. Para os amantes de carros e máquinas velozes o museu é uma atração imperdível e custa cerca de 10 euros.

Parque Olímpico: local onde foi sediada as olimpíadas de 1972 e ainda continua muito moderno e com uma excelente estrutura. O Parque possui muito verde, alguns lagos lindos e é ideal para um passeio e para pratica de esportes.

No parque existe uma Torre onde é possível ter a melhor vista da parte moderna de Munique. Pra subir na torre é preciso pagar 7 euros, porém, a vista é linda e vale muito a pena. 

 

Allianz Arena: local onde foi sediado o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2006. O antigo estádio Estádio Olímpico de Munique sediou os Jogos Olímpicos de Verão de 1972 e - entre outros - a final da Copa do Mundo FIFA de 1974. Atualmente o estádio pertence ao FC Bayern München, um dos principais clubes da Bundesliga. É possível fazer um tour completo pelo estádio passando pelo museu do Bayern e custa 19 euros. Para quem gosta de futebol é imperdível. O nível é semelhante aos melhores museus de futebol da Europa como o estádio do Real Madrid, em Madrid, e do Barcelona FC. 

Palácio de Nymphenburg: esse palácio serviu durante vários séculos como residência de verão dos governantes da região da Baviera. O palácio possui estilo barroco e possui uma linda estrutura. O palácio e os jardins são abertos ao público e possui um grande acervo de de obras de arte.

Residenz Museum: também conhecido como Residência de Munique é um dos museus mais bonitos da cidade. Fica situado no centro da cidade a poucos passos da Marienplatz. Possui lindos quadros e salões repletos de obras de arte. Vale muito a pena dar um passeio pelo local. 

 


O museu é composto por 10 pátios, mais de 130 salas e um lindo jardim bastante bem cuidado. O ingresso custa 11 euros para ter acesso a todas as aéreas ou 7 euros para ter acesso restrito.

 


 

Englischer Garten: é um dos maiores parques da Europa bastante bem cuidado e com diversas opções de lazer. É nesse parque onde existe um espécie de rio onde diversas pessoas praticam o surfe. É muito interessante. 

 

Foto divulgação.

 

Viktualienmarkt: uma das principais feiras da cidade. No local é possível provar salsichas e outras iguarias alemãs regado a muita cerveja e comprar vários tipos de artesanato.

 

Foto divulgação.

 

Bate e volta desde de Munique:

 

A cidade Munique possui uma posição estratégica tanto para visitar alguns destinos lindos na própria região da Baviera como países vizinhos. Os principais bate e volta desde de Munique são: campo de concentração de Dachau que fica a apenas 20 km de Munique; O famoso castelo de Neuschwanstein em Füssen; Salzburgo, na Áustria, ambas as cidades cidades ficam a apenas 115 km uma da outra.

 

Castelo de Neuschwanstein.

 

Fiz o bate e volta para o castelo de Neuschwanstein em Füssen é foi incrível. O local realmente é maravilhoso e a vista para o castelo vale todo o esforço. Leiam mais sobre esse passeio clicando AQUI.  

 

Quantos dias ficar em Munique:

 

Como já falei acima a cidade de Munique é bem grande e as principais atrações ficam próximas e três  dias inteiros são suficientes para desbravar tudo com calma, porém, não deixem de visitar o campo de concentração de Dachau; o castelo de Neuschwanstein em Füssen e Salzburgo, na Áustria. Então para conhecer Munique + os seus arredores recomendo 4 a 5 dias inteiros a depender do que você quiser explorar nos arredores.

 

O que achei de Munique?

 

Munique foi um destino que me surpreendeu demais. A cidade é linda, mistura o moderno com o clássico, com muitas boas atrações, cervejas e gastronomia de excelente qualidade e ótimas opções de passeios nos arredores. Sem dúvida indico para todos os viajantes e amigos. Qualquer dúvida é só perguntar que terei o maior prazer em respondê-los. 



Esse artigo foi lido 1535 vezes!

Sobre o Autor

Diogo Vital Valença

Médico oftalmologista e viajante nas horas vagas


Veja Também