Aspire Zone: a cidade dos esportes

  • 02 de fevereiro de 2017


Uma característica peculiar a Doha em relação às outras cidades do oriente médio é a sua vocação esportiva. O esporte é muito incentivado pelo estado, o calendário de eventos é bastante movimentado, a companhia aérea símbolo do país patrocina o Barcelona sempre renovando contrato e o país será a sede da Copa 2022.

 

No nosso último dia em Doha, nossa @guiadoha Érika no levou para visitar a Aspire Zone, conhecida como a cidade do esporte. Esta região abriga uma série de ginásios para a prática das mais diversas modalidades e sedia grandes eventos. É nesta área que se localiza o Khalifa Stadium, um dos grandes estádios do país, e que já está em fase final de reforma para a Copa de 2022. No mesmo complexo do estádio, encontra-se a torre The Torch, a mais alta de Doha com mais de 300m de altura.

 

É lá que funciona o The Torch Hotel e o restaurante giratório Three Sixty no 47º andar onde almoçamos. O hotel impressiona em todas as suas instalações. A piscina da sacada da torre para fora também impressiona.

 

Torre The Torch

 

Sempre relaciono restaurantes giratórios a lugares turísticos, com preços elevados para o nível da comida. Talvez por uma experiência negativa que tive na CN Tower, em Toronto. Mas neste caso, foi justamente o contrário. O almoço no restaurante Three Sixty estava ótimo, o menu é internacional e bem variado. Certamente satisfaz aos mais diversos paladares. Os preços também são bastante acessíveis e até abaixo da média para hotéis desse padrão.

 

Detalhe importante: o hotel não serve bebida alcoólica. Aposte nos mocktails, refrescantes e muito saborosos.

 

Vista do restaurante giratório

 

A vista é espetacular. Em 1 hora e meia você faz a volta completa e tem uma visão geral da cidade. A primeira impressão que você deixa de lado é a de que Doha é uma cidade pequena concentrada na corniche (orla) e naquele seleto grupo de prédios de West Bay. A parte verticalizada se torna pequena diante de uma imensa cidade horizontal que surge diante de seus olhos. A vista do Aspire Park também é encantadora.

 

 

Outros restaurantes belíssimos do Hotel são o Fly Carpert e Tea Garden. Também oferecem vista, mas em uma altura menor e sem a possibilidade de rotação.

 

Restaurante Fly Carpet

 

Tea Garden

 

Finalizamos o almoço e saímos a pé para uma volta pelo no Villagio Mall, um dos shoppings mais tradicionais de Doha e que também faz parte do complexo. O shopping lembra o mall dos hotéis Venetian de Las Vegas e Macau, Arquitetura no estilo de Veneza e canais pelo shopping com passeios de gôndola, além do céu pintado no teto com nuvens. A parte legal do shopping é que ele tem um mix de lojas bastante completo e em um único piso, facilitando o deslocamento e o encontro das marcas preferidas pelos brasileiros, desde as fast fashions até as grifes internacionais mais famosas, passando pelas principais redes de restaurantes. Você encontra tudo que precisa no Villagio Mall.

 

Fachada Zara em Árabe 

 

 Trecho das Grifes internacionais

 

Deixamos o shopping e fomos passar o fim de tarde no Aspire Park, anexo ao shopping. Conhecido como o pulmão da cidade, o parque é bem frequentado pela comunidade árabe e também recebe muitos turistas, possui um grande lago no centro e a caminhada por ele é muito agradável. Ficamos até o pôr do sol.

 

Após o pôr do sol, as luzes da torre The Torch se acenderam proporcionando uma vista muito bonita do hotel.

 

 Iluminação do Hotel The Torch

 

CONTINUEM LENDO NOSSOS POSTS DO QATAR.

 

Este foi um ótimo programa para nossa última tarde na cidade sugerido pela Érika @guiadoha. Pudemos ter uma visão geral da cidade, almoçar com uma vista bacana, conhecer um dos complexos para a Copa 2022, fazer as últimas compras e passar um agradável fim de tarde no parque.




Sobre o Autor

Tarcio e Paula Lopes

Ele publicitário e ela funcionária pública que são apaixonados por viagens e pela boa gastronomia.


Veja Também