Marcio no Mundo




Dicas de Tel Aviv: moderna, cultural e vibrante


Publicado em 07 Nov 17



Booking.com



Tel Aviv em português significa colina da primavera e é a porta de entrada da grande maioria dos turistas que planejam uma viagem para Israel. A cidade já foi capital de Israel nos anos de 1948 a 1950 e por razões políticas deixou o posto para Jerusalém, cidade mais conhecida do país! 

 

Vejam o vídeo com os melhores momentos da nossa viagem e aproveitem e se inscrevam em nosso canal do YouTube.


Tel Aviv também é o coração financeiro e econômico de Israel. É nela onde ficam as sedes dos principais bancos, as embaixadas e as grandes empresas do país! 

 

 

Confesso que Israel não estava nos meus planos de viagens viagem para este ano, contudo, uma promoção da Air Canadá me fez mudar de ideia e incluir esse país surpreendente no meu roteiro de carnaval. Pagamos pouco mais de mil reais na passagem de ida e volta que ainda dava direito a uma conexão de mais de 12 horas em Toronto, no Canadá.

 

Leiam nossas dicas de TEL AVIV, JERUSALÉM, PETRA E EILAT.


Existem duas formas de se conhecer Israel. Ou fazendo uma viagem pelo país dormindo em cada cidade ou fazendo bate e volta desde Jerusalém ou de Tel Aviv. Várias empresas fazem tour de bate e volta saindo de Tel Aviv para as principais atrações do país (leiam nosso post com os melhores passeios de Israel), portanto, Tel Aviv é uma ótima opção para montar base em Israel.

 

 

Diferentemente do que muita gente pensa Tel Aviv é sinônimo de belas praias, agitação, ótimas baladas, comunidade LGBT, bons restaurantes e muitas atrações turísticas.
A cidade possui cerca de 400 mil habitantes, fuso horário de + 5 horas em relação ao horário de Brasília e os brasileiros não precisam de visto para visitar o país.

 

 

A parte antiga de Tel-Aviv se chama Jaffa ou Yafo, em hebraico. Essa região fica um pouco afastado do centro, cerca de 3 km, 30 minutos de caminhada que pode ser feita pela bem cuidada orla da cidade. 

 

Como chegar em Tel Aviv:


O Ben Gurion, principal Aeroporto de Tel Aviv, fica em Lod, cidade de Lida na bíblica, onde São Pedro foi para curar Éneas. O aeroporto é super moderno e fica 30 km de Tel Aviv.


Existem dois terminais no aeroporto de Ben Gurion. Um para voos internos e outros para os voos internacionais. O táxi do centro até o aeroporto custa em média 50 usd. Existe trem e o valor é bem mais em conta, contudo, como estávamos com o tempo corrido usamos apenas o táxi.

 

Quando ir para Tel Aviv:

 

 

Existem duas épocas bem definidas na cidade! A época seca, com a pequena presença de chuvas, que vai de abril a outubro, e o inverno que vai de novembro a março e é marcado por temperaturas mais baixas e chuvas. Visitamos a cidade no final de fevereiro e início de março e pegamos uma temperatura super agradável que variou de 18 a 10 graus! 

 

Onde se hospedar em Tel Aviv:


A cidade possui boas opções de hotéis, mas os preços são bem caros! Para se ter uma ideia um hotel 5 estrelas custa em média 400 usd. Um hotel 3 estrelas bem simples custa mais de 100 usd. Tivemos muita sorte e conseguimos uma tarifa de 100 usd num novo hotel que estava sendo inaugurado na cidade: o Ultra hotel Tel Aviv. 

 

 

O hotel Boutique fica localizado a 3 minutos da Praia no coração da cidade próximo as principais atrações de Tel Aviv. Os quartos são super bem decorados, café da manhã maravilho e atendimento nota 10.


Outras opções são os hotéis DAN, o Hilton, o Sheraton e o Leonardo Hotel, todos localizamos a beira mar.

 

Conheçam todos os hotéis e pousadas de TEL AVIV clicando aqui e reservem através dos nossos links (banners) do Booking que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis.

 

Principais atrações turísticas de Tel Aviv:


Hayarkon Park - é conhecido como o maior parque da cidade e fica localizado próximo ao Porto de Tel Aviv. O local é ideal para um passeio com a família ou para pratica de atividades físicas.


Jaffa - é uma das cidades mais antigas do mundo e abriga o porto mais antigo do mundo!O local vem se tornando um reduto para artistas, designers e pontos de alimentação! 

 

Em Jaffa ou Yafo (nome em hebraico) é possível encontrar a torre do relógio, o mercado das pulgas, a Catedral de São Pedro, antigo Porto que atualmente foi remodelado e possui vários restaurantes e cafés legais e a Casa de Simão Curtidor aonde São Pedro ficou hospedado em sua estadia por Jaffo. 


Andar por Jaffo é voltar no tempo! Se perca nas suas ruelas e lindas praças! Outro ponto alto é a praça central de Jaffa onde é possível ver o mar e o minarete da mesquita de Jaffo. É neste local onde também fica o view point de Jaffa que tem a melhor vista da skyline de Tel Aviv.

 

Não deixem de comer a famosa esfira no Abulafya, um restaurante tradicional de 1846, que fica próximo à torre do relógio. Comemos uma é ela é deliciosa. 


Porto de Tel Aviv: é um dos principais centros de entretenimento da cidade, repleto de lojas e restaurantes! Fomos no local tanto durante o dia quanto durante a noite e adoramos. Não deixem de visitar um Mini mercado que existe na região. Compramos vários vinhos no local e degustamos algumas cervejas produzidas no país.


Neve Tzedek: é um dos locais mais bonitos da cidade! Foi o primeiro bairro construído fora de Jaffa. É nesse bairro onde fica a Antiga estação de trem chamada de Tachana, atualmente utilizada como centro cultural.

Onde comer em Tel Aviv:


Adoramos a gastronomia de Israel! Comemos muito bem em todos os restaurantes que passamos no país! Durante nossa viagem conhecemos os seguintes restaurantes em Tel Aviv:


Hatraklin Bistro - na minha opinião o melhor restaurante da cidade. Fica dentro do local onde foi o primeiro hotel de Tel Aviv. O restaurante possui uma decoração maravilhosa, atendimento fabuloso, pratos sensacionais e uma das melhores cartas de vinho da cidade.

 

Pedimos de entrada um carpaccio e torradas com pate de pato. Para o jantar pedimos dois pratos de carnes: uma carne com batatas e outra carne que era assada na pedra. De sobremesa pedimos um uma torna de banana com sorvete. Tudo isso acompanhada de muito vinho tinto da Galiléia, simplesmente uma das melhores experiências gastronômicas da nossa vida.


O restaurante possui ainda um local onde é possível comprar vinhos de vinícolas boutique! Como somos apaixonados por vinhos compramos 3 garrafas selecionadas pelo sommelier da casa e uma garrafa de grapa, uma espécie de cachaça produzida na Galiléia. 


Benny: restaurante situado no Porto de Tel Aviv. Sua especialidade são os peixes. Comemos um peixe na crosta de sal maravilhoso. Não deixem de pedir à entrada típica de israel com pão, saladas e humos.

 

Kitchen Market - fica no porto e é um dos restaurantes mais bem conceituados da cidade.


Outros restaurantes que não fomos mas que são bem recomendados. Messa - fica no Sarona Market; Shila - fica Sharon Cohen; e o Nigth Kitchen.

Principais Praias de Tel Aviv:

 

Tel Aviv possui 13 km de praias e uma orla muito bem cuidado e organizada. Tudo é muito limpo, seguro e com uma super estrutura. As principais praias são: Banana Beach - fica próximo a Jaffa e é a praia mais Boêmia de todas; Metzizim Beach- ideal para pratica de esportes e para levar a criançada; Hilton Beach e Jerusalém - são praias Gay e LGBT.

Preços em Israel e Tel Aviv:

 

Os preços de Tel Aviv são muito parecidos com os preços praticados nas grandes cidades brasileiras. Vou falar alguns preços aqui para o viajante ter noção dos gastos na cidade:


Diárias em hotel 3 estrelas: 350 reais; jantar para duas pessoas com bebida em restaurante mediano: 250 reais; táxi corrida curta: 25 reais; cerveja: 15 reais; oferta Mc Donalds: 30 reais; passagem de ônibus: 5 reais.

Noite em Tel Aviv: 


A vida noturna de Tel Aviv é muito animada. A cidade possui diversos bares e várias casas noturnas. Não deixem de visitar a Rothschild:  É a Oscar freire de São Paulo! Rua cheia de lojas, bares e restaurantes.

Quantos dias ficar em Tel Aviv:

 

Na minha opinião dois ou três dias inteiros são suficientes para conhecer as principais atrações da cidade! Mais do que isso é desnecessário. Ficamos 2 dias e saímos com a sensação de ver cumprido. 

 

Confiram nossas dicas de TEL AVIV, JERUSALÉM, PETRA E EILAT.


Enfim, adoramos ter conhecido Tel Aviv. Sem dúvida uma ótima opção para montar base e fazer os passeios por Israel. Qualquer dúvida que porventura tenham é só falar que teremos o maior prazer em respondê-los.



Esse artigo foi lido 2024 vezes!


Texto Escrito Por:

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 35 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo



Comentários

Publicidade


Booking.com

_300x250_CGH_SDU.jpg

Generic 250x250

Seguro viagem geral 250x250

Encontre-nos no Facebook




Posts Relacionados


Dicas de Tel Aviv: moderna, cultural e vibrante

07 Nov 17

Dicas de Jerusalém, Israel

29 Mar 17

Dicas de Eilat: um paraíso israelense no Mar Vermelho

15 Mar 17

Posts Mais Populares


Praia do Patacho - uma das praias mais bonitas do Brasil

Alagoas

Alagoas: Dicas de São Miguel dos Milagres

Alagoas

Guia completo de Maceió

Alagoas