Marcio no Mundo




Conheça Skopje, capital da Macedônia (FYROM)


Publicado em 03 Mar 17



Booking.com



Foto capa: na região da Praça da Macedônia à beira do rio Vardar.

 

Skopje (a pronúncia é Scópi e Escópia em português): o nome diferente e pouco usual para nós brasileiros faz a gente pensar o quão distante nos encontramos das informações sobre a capital da República da Macedônia ou FYROM (num próximo post explico sobre esse item de como chamar esse país). Mesmo planejando e pesquisando para viagem, consegui ficar muito surpreendida com o que vi por lá.

 

Pra mim, a cidade parece um mix de Istanbul com Ashgabat (Turcomenistão), mas claro, com todo o seu quê particular.

 

Curiosidades sobre Skopje

 

Ao desembarcar no aeroporto internacional de Skopje já nos deparamos com uma estátua de “Alexandre, O grande” ilustríssimo descendente que é símbolo de orgulho, mesmo com toda a história controversa do país que breve tento contar num próximo post (uma vez que ele nasceu no que hoje faz parte da Grécia e é como se tivesse uma briga se ele era grego ou macedônio, sabe? ). Uma curiosidade é que na Macedônia MUITA gente se chama Alexandre, é mais comum que João e José no Brasil. Além das milhares de estátuas do mesmo espalhadas por cada canto do país.  

 

 

Skopje é o principal centro acadêmico, cultural e econômico da Macedônia  e não é muito grande não, com apenas 500 mil habitantes, um dia e meio por lá é suficiente!

 

Uma coisa super curiosa é a forma de protestar da populção. Os prédios públicos são em sua grande maioria todos brancos e as pessoas quando querem protestar jogam tinta coloridas nos mesmos. O efeito final acaba ficando superinteressante e até bonito, viu?

 

Foto: André Salgado

 

O que mais me surpreendeu em Skopje foi o passeio noturno a pé pela cidade: um jogo de luzes maravilhosamente belo nos prédios inteiramente brancos (esse combo me fez lembrar o Turcomenistão) + música clássica sendo tocada em alto e bom som por todo o percurso da caminhada pelo centro em direção a Praça da Macedônia e seus arredores. Simplesmente os mais impressionantes prédios do país se encontram ali.

 

 

O cenário fica realmente de conto de fadas. Imagina só: tudo mega iluminado com músicas sensacionais ao fundo... de emocionar. Essa foi a primeira impressão e impacto ao chegar no início da noite na cidade e ir dar uma voltinha a pé.

 

 

 

O que fazer em Skopje (Escópia)

 

Plostad Makedonija (Praça da Macedônia) e passeio noturno a pé

 

Como descrevi acima, quando as luzes são acessas a Praça da Macedônia e o rio Vardar ganham mais charme e beleza. Passeio imperdível pela noite!

 

 

Velho Bazar (Old Bazzar Skopje) e o bairro Carsija

 

Com uma clássica atmosfera otomana, o Velho Bazar é parada obrigatória na cidade. É um bazar MUITO organizado, sem muvuca, pequeno e com muitas opções de restaurantes. É bem diferente do resto da cidade, justamente por ser o bairro turco.

 

 

O bairro Casija é como uma viagem ao tempo da época otomana do país.

 

Casa Memorial Madre Teresa

 

Com certeza você conhece a moradora mais célebre da cidade, nada mais nada menos que Madre Teresa de Calcutá, nascida e criada em Skopje até os seus 18 anos.

 

Lembro que quando visitei Calcutá, na Índia, em 2015 a informação que recebi é que ela nasceu na Albânia. Ao chegar a Skopje, vi que um dos pontos turísticos da cidade era sua antiga casa e hoje capela, e aí veio a dúvida, afinal, onde Madre Teresa nasceu?

 

Ela realmente nasceu em Skopje, mas sempre se referia às suas origens como albanesa, uma vez que seus pais eram sim de origem albanesa.

 

Nas palavras da própria Madre: “por sangue sou albanesa, por minha nacionalidade sou indiana, por fé sou católica, em relação ao que foi meu chamado, eu pertenço a este mundo. E, no que diz respeito ao meu coração, pertenço inteira a Jesus”.

 

Enfim.. isso tudo para dizer que um dos pontos turísticos da cidade é visitar a casa onde ela nasceu, onde hoje existe uma espécie de museu contando sobre sua história de vida, uma capela e um anfiteatro.

 

 

Endereço: Makedonija, N°9, 1000 Skopje

Horário: De Segunda à Sexta   9:00-20:00

Sábado e Domingo 9:00 – 14:00

Valor: Entrada Gratuita

 

 

 

Museu da Cidade

Eu particularmente não gostei muito. Achei o acervo fixo um pouco fraco. Mas lá é contada a história da cidade, como o próprio nome sugere, bem como tem muitas informações sobre madre Teresa, além de exposições temporárias mais descoladas.

 

Endereço: Mito Hadzivasilev

Saiba mais em: mgs.org.mk

 

 

Fortaleza de Tvrdina Kale

 

Fica próxima a região otomana (e do hotel que fiquei, logo abaixo falo sobre ele) e é uma fortaleza do século VI. Hoje resta muito pouco dela... eu não perderia muito tempo nela caso vá visitar outras muralhas no decorrer de sua viagem.

 

Igreja Ortodoxa Sveti Spas

 

Ali no bairro otomano fica também a mais preservada igreja ortodoxa da cidade: Sveti Spas. Fotos no interior são proibidas mas adianto que as pinturas internas são belíssimas! Como é de se esperar de uma igreja ortodoxa, nada de imagens. Quando essa igreja foi construída, os otomanos não permitiam que igrejas fossem mais altas que as mesquitas

 

 

 

Dica de restaurante em Skopje (Escópia)

 

Fui num restaurante típico mega bacana lá. Mega mesmo. Comido MUITO gostosa, música ao vivo e atmosfera agradável e aconchegante. O problema todo é a pronúncia né gente? Porque o nome era em Macedônio e fica difícil uma tradução.

 

Restaurante CTAPA KYKA, anota aí. Se for na Escópia passa lá e me conta depois se gostou. Os garçons falavam inglês com muita dificuldade mas funcionou, pedimos, comemos, ficamos satisfeitos com as escolhas e conseguimos provar muita coisa típica do país. Destaque para a entrada que vem um mix de tudo um pouco. Super delícia!

 

 

Um prato muito comum na Macedônia é carne tipo guisada, eu particularmente não gosto muito, mas pra quem gosta, tem lá de qualidade. São as famosas "caçarolas" para eles.

 

Onde se hospedar em Skopje (Escópia)?

 

Fiquei no Hotel Bushi, excelente localização e serviço bacana, quarto organizado, confortável e grande. Ah! A hotelaria na Macedônia deixa muito a desejar. O Bushi é descrito como um Resort, mas nem imagine um Resort como os que estamos habituados... No país inteiro os hotéis.

 

Chip habilitado

 

O chip da @EasySim4U funciona muitíssimo bem em Skopje e em todo o país. Vale muito a pena se manter conectado usando o serviço deles. Se for para Macedônia, pode confiar que a cobertura é excelente.



Esse artigo foi lido 1772 vezes!


Texto Escrito Por:

Ana Carla Gameleira

Psicóloga clínica e nas horas vagas viajante. Acompanhem minhas fotos no Instagram: @relatosdeviagens



Comentários

Publicidade




Booking.com

Seguro viagem geral 250x250

Encontre-nos no Facebook




Posts Relacionados


Conheça Skopje, capital da Macedônia (FYROM)

03 Mar 17

Posts Mais Populares


Alagoas: Dicas de São Miguel dos Milagres

Alagoas

Guia completo de Maceió

Alagoas

Praia do Patacho - uma das praias mais bonitas do Brasil

Alagoas