Hotel Vila Selvagem: um paraíso no Ceará

  • 01 de janeiro de 2017


No final de janeiro estivemos hospedados no Hotel Vila Selvagem, uma pousada deliciosa situada em uma praia ainda pouco conhecida do Ceará, o Pontal do Maceió.

 
 
Havíamos conhecido o lugar em 2013, em uma rápida passagem vindo de Canoa Quebrada, e nos apaixonamos. Quando soubemos que tinham reformado e ampliado o lugar, logo nos animamos e pensamos que era a chance perfeita pra voltar, ainda mais agora com nosso pequeno aventureiro, nosso baby de 3 meses.
 
 
 
ONDE E COMO CHEGAR 
 
 
O hotel fica a 135 km de Fortaleza, no município de Fortim. Pra chegar lá, basta alugar um carro ou agendar um transfer com o próprio hotel (custa R$ 600 ida e volta). Não vimos a necessidade de alugar carro porque nossa intenção era passar a semana inteira ali, largados na praia e na piscina do hotel, sem sair do lugar...rs. E também porque já sabíamos que havia vários passeios que poderiam ser feitos de buggy, uma alternativa melhor e mais interessante! 
 
 
QUANDO IR
 
Não há época certa para visitar o Ceará, onde as chuvas não costumam cair com tanta frequência. Achei engraçado que lá eles dizem que dezembro e janeiro é o inverno deles, porque é quando o tempo por vezes vira bem rápido, e de um dia que amanheceu totalmente chuvoso, o sol sai e tudo se transforma! Dos 8 dias que passamos por lá, pegamos sol o tempo todo e pouquíssimas pancadas de chuva que vinham e passavam em minutos.
 
 
 
O HOTEL
 
Compõe a rede Roteiros de Charme, e não é difícil adivinhar porquê.
 
São 24 acomodações, que se dividem entre apartamentos e bangalôs. 
 
A parte mais nova do hotel, recém expandida, conta com bangalôs mais privativos, com apenas um quarto adjacente. 
 
Pra ir com neném, recomendamos os bangalôs 101 e 110, perfeitos porque ficam perto da piscina de borda infinita, onde tem serviço de bar. Também pela comodidade de ficar ali perto, é ótimo pra ir ao quarto rapidinho caso precise trocar uma fraldinha, ou simplesmente aproveitar a vista de dentro do bangalô enquanto o bebê dorme.
 
 
 
O hotel conta com apenas um restaurante: muito lindo, bem decorado e frente ao mar, e a comida é muito boa e variada. O preço também é bem honesto, salvo pelo valor da água e dos vinhos (bem carinhos).
 
Pertinho dali, a Barraca Tropical, que fica na beira da praia, é super simples, mas uma excelente opção pra comer um peixinho fresco assado na brasa, camarões no alho e óleo, lagostas e tomar uma cervejinha gelada. 
 
 
 
O Spa é sensacional. Fizemos duas massagens deliciosas, perfeitas pra relaxar de toda a jornada (maravilhosa, mas cansativa) dos primeiros meses de mãe de primeira viagem! Foi revigorante! 
 
À noite, há um bar super transado, com telão passando o canal off, música boa, convidativo pra tomar um drink antes ou depois do jantar! A piscina infinita também ganha uma iluminação linda, e por vezes passamos um tempinho ali deitados nas espreguiçadeiras, admirando o céu e batendo papo.
 
 
A PRAIA
 
 
A Praia do Pontal do Maceió é reduto de pescadores que deixam suas jangadas descansando na areia quando não estão em alto mar. Isso dá um visual incrível...o mar é calminho, limpo e dependendo da maré você vai ter a sorte de dar um mergulho nas várias piscininhas que se formam bem em frente ao hotel. Ideal também para caminhadas, já que é bem flat e extensa. 
 
PASSEIOS E ATIVIDADES
 
O Kite: Bem, como muita gente sabe, os bons ventos do Ceará são perfeitos pra prática de Kite Surf. Resolvemos nos aventurar e contratamos o Adriano @adri_kitesurf (+ 55 88 99701-1330) para nos dar algumas aulas.
 
 
Eu fiz a primeira e amei, mas não consegui dar sequência por causa do bebê, já que era preciso ficar mais de uma horinha por dia fazendo a aula pra valer mesmo a pena. O Dani fez a primeira e continuou por mais três dias...se apaixonou! Já saiu de lá sabendo as noções básicas e esquiando! Numa próxima viagem, será muito mais fácil! 
 
 
 
Valor: R$ 180,00 a hora/aula, mas se fizer um pacote, pode sair até por R$ 140,00.
 
Buggy: Ceará também combina com passeios de buggy! Seja pra dar uma volta na praia perto do hotel, ou até mesmo para conhecer outras praias como Canoa Quebrada e Quixaba, que ficam ali pertinho, vale a pena reservar uma manhã, tarde, ou um dia todo pra fazer esse passeio. Dá pra ir inclusive até a fronteira com o Rio Grande do Norte (fizemos da última vez que estamos por lá). 
 
 
É só pedir na recepção do hotel, que eles organizam tudo! Peça para ir com o Cid (+55 88 99752-7176), pois ele é super gente boa e sabe uns lugares super bacanas pra tirar foto (além de ser ele mesmo um excelente fotógrafo). 
 
 
Valor: depende do passeio. O nosso, que durou uma horinha e passou pelas praias adjacentes ao hotel, custaria em média R$ 80,00.
 
 
Cavalo: Tá aí um passeio que nos surpreendeu. O hotel também organiza tudo, e os cavalos são trazidos pra praia em frente, de onde saímos no final da tarde em direção ao por do sol, na Praia das Agulhas, praticamente deserta. Foi uma delíiicia curtir esse momento! Não esqueça a máquina fotográfica! 
 
 
Valor: R$ 80,00 a hora. Pra quem é fã de equitação, tem também uma escola que dá aulas! 
 
 
Outras opções de passeios e atividades, mas que não fizemos, são o esqui náutico no rio Jaguaribe e uma volta de jangada no mar. ;)
 
 
COMO FOI IR COM NENÉM 
 
Quem é mãe, sabe: passar cerca de três meses em casa com um recém nascido, sem poder sair muito, acaba deixando a gente doida pra ver novos e frescos ares. Acho que faz bem pro neném também!  Assim, logo que nosso pediatra nos autorizou a viajar com o pequeno de avião, programamos a primeira aventura juntos! 
 

 

Claro que não é mais como antes: a gente escolhia algumas roupas nossas, jogava na mala, e voilá, já estávamos prontos pra partir rs! Agora cada viagem envolve todo um planejanento pra não deixar nada importante pra trás, especialmente aqueles itens de maior necessidade pro baby.
Antes de ir, pedimos ao Vila Selvagem para colocar um bercinho no quarto, o que foi sensacional e nos poupou a necessidade de levar mais uma tralha! 
 
Levamos todas as fraldinhas (umas cem, rs), mas descobrimos que nem era necessário, pois a farmácia entrega lá no hotel! Rs
 
Foi essencial também levar a bóia de patinho da Munckin, que servia de banheirinha pra dar banho e refrescar o neném durante o dia. Para os maiores, é ideal também pra piscina.
 
Roupinhas de proteção UV, ainda que o neném passe o tempo todo na sombra, são imprescindíveis, assim como chapéu. 
 
Ps: só conseguimos fazer os passeios porque a vovó e a dinda do baby estavam viajando conosco...senão realmente seria impossível, a não ser que fosse um de cada vez!
 
De modo geral, foi uma experiência incrível! Muito, mas muito revigorante, em um local perfeito para dias de muito descanso. 
 

Fizemos toda a nossa viagem com o indispesável auxílio da agência de turismo Dali Travel. Para maiores informações, entrem em contato com Dali  ( www.dalitravel.com.brpara te ajudar a organizar viagens tão incríveis quanto esta.




Sobre o Autor

Fernanda de Castro Carvalho

Fernanda de Castro Carvalho é advogada e trabalha na ONU pela defesa dos direitos humanos. Para ela, viajar se tornou mais do que um hobby: é uma necessidade! Nas horas vagas, sonha com o próximo destino e compartilha suas dicas de viagens no insta @nosdo


Veja Também