Marcio no Mundo




O sul de Bali: Pagang Padang, Uluwatu, Jambiran e Rock Bar


Publicado em 01 Mai 17



Booking.com



Como falei no nosso GUIA GERAL DE BALI tivemos três dias livres em Bali e tentamos ao máximo aproveitar as atrações da ilha. De início é importante informar que as atrações da ilha ficam muito afastadas um das outras e o trânsito é uma verdadeira loucura. Um simples trajeto de 30 km pode durar horas.

 

 

Pensando nesse fatores optei por fracionar nosso roteiro da seguinte forma: 1 dia - Tanah Lot e Mengwi; 2 dia - parte sul da ilha, península de Bukit e 3 dia - Ubud e arredores.


Nossas primeiras impressões dos templos de Bali foi ótima. A arquitetura da região é completamente diferente dos outros destinos asiáticos que já visitamos (Camboja, Myanmar, Tailândia, China).

 

 

No nosso segundo dia em Bali fomos conhecer a parte sul da ilha, mais especificamente a região da península de Bukit. De antemão é importante ter em mente que essa região possui uma infinidade de atrações então é importante montar o roteiro junto com o motorista para avaliar a viabilidade e logística do trajeto.


Depois de muita pesquisa e estudo montamos nosso roteiro pelo sul da ilha da seguinte forma: Padang-padang, Uluwatu, Pandawa Beach, Jimbaran (almoço), Anaya Resort
e Rock Bar.


Saímos pontualmente às 9 horas da manhã e seguindo em direção até a nossa primeira parada: Padang Padang, uma das principais praias da ilha. Para entrar na praia é preciso pagar 10 mil Rp.

 

 

Mas vou logo avisando! Se você está acostumado com as praias do Nordeste e do Caribe não achará nada demais nas praias de Bali! Eu sei que fomos no inverno e que a época mais bonita é o verão, mas vimos várias fotos e sem dúvida esses outros destinos são mais bonitos. A Indonésia possui sim praias lindas mas se o objetivo é esse procure outras ilhas como Lombok e as ilhas Gilis.


Para chegar até Padang Padang é preciso descer uma pequena escadaria até a Praia! São cerca de 5 minutos a pé! O trajeto possui vários macaquinhos e parte da escadaria passa por dentro de uma rocha. A praia é bem bonita e possui ótimas ondas para os surfistas. 

 

De lá partimos para Uluwatu, um dos principais cartões portais de Bali e a atração que mais estávamos ansiosos para conhecer. Para entrar no tempo é preciso pagar uma pequena taxa que já inclui o Sarong, saia típica de Bali usualmente utilizava nos templos.

 

 

O templo é imenso e fica no alto de um Cliff com uma vista maravilhosa para o mar. Aliás, Uluwatu significava tempo da água. Dica importante não fique com óculos ou qualquer outro pequeno objeto próximo aos macacos que existem no templo! Eles são verdadeiros ladroeszinhos que estão apenas esperando um descuido dos turistas desavisados para roubar seus pertences.

 

 

É necessário de 1 a 2 horas para conhecer as principais atrações do templo. Os locais mais bonitos do templo são: o Cliff com vista para o templo e o topo do templo. 

 

 

De Uluwatu fomos para a região de Jimbaran, local repleto de ótimos resorts é conhecido pelos vários restaurantes que fazem churrasco de frutos do mar. Nosso motorista nos indicou o Restaurante Ganesha. 


A Praia de Jimbaran não é muito bonita mas o churrasco é delicioso! O que é mais interessante é que o restaurante possui vários aquários onde o cliente escolhe o que quer e tudo é preparado na hora. Pedimos um peixe típico da Indonésia e uns camarões regado com muita Bitang Beer. 

 

 

De lá partimos para o Ayana Resort que também fica em Jimbaran. Nosso objetivo nesse local foi assistir o espetáculo do pôr do sol no Rock Bar, um dos melhores lugares de Bali para admirar o pôr do sol. 

 

 

Chegamos por volta das 15:45 no Ayana. O hotel é lindo e simplesmente imenso, possuindo várias piscinas e restaurantes, quase todos com uma vista linda para o oceano. O Rock Bar abre às 16:00 horas e quando chegamos já tinha fila para entrar. Fomos um dos primos a descer e pegamos uma mesa maravilhosa. 

 

 

O Bar não possui reserva então é interessante chegar no máximo às 16 horas para pegar uma mesa. Não pode entrar no local com regata, bermuda de surf e biquíni, portanto, fique atento senão você poderá frustrar seus planos. O segurança encrencou com minha bermuda e depois de muita conversa conseguimos entrar. 


Para descer no Bar é preciso pegar um pequeno bondinho! A vista do local realmente é linda e o Bar é simplesmente imenso. Os preços são bem tranquilos se for levado em consideração a estrutura do local, mas bem acima da média de Bali. Uma cerveja custa em média 7 usd e um petisco 6,5 usd. 

 

 

Passamos quase 3 horas no local admirando o lindo pôr do sol, jogando conversa fora e tomando bons drinks! Sem dúvida foi o dos melhores locais que conhecemos em Bali e o melhor SUNSET que vimos na viagem. 

 

 

De lá partimos para nosso hotel e concluímos mais um dia perfeito em Bali. No outro dia acordamos cedo e partimos em direção a UBUD, região onde foi gravado o filme Comer, Rezar e Amar. LEIA NOSSO POST DE UBUD.



Esse artigo foi lido 1278 vezes!


Texto Escrito Por:

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 35 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo



Comentários

Publicidade




Booking.com

Seguro viagem geral 250x250

Encontre-nos no Facebook




Posts Relacionados


Tudo que você precisa saber sobre Bali, a ilha dos deuses

25 Set 18

O sul de Bali: Pagang Padang, Uluwatu, Jambiran e Rock Bar

01 Mai 17

Ubud: conhecendo o verdadeiro espírito de Bali.

22 Jan 17

Posts Mais Populares


Alagoas: Dicas de São Miguel dos Milagres

Alagoas

Guia completo de Maceió

Alagoas

Praia do Patacho - uma das praias mais bonitas do Brasil

Alagoas