Curaçao: um paraíso para mergulhadores e amantes da boa gastronomia

  • 16 de setembro de 2016


Decidimos dar uma pausa na rotina de trabalho para fazermos o que mais gostamos - VIAJAR. E nessa oportunidade conseguimos unir 02 dos grandes hobbies que temos: MERGULHO e BOA CULINÁRIA! Seriam 6 noites de aventura e prazer!!!

 

Como já tínhamos conhecido Aruba, o A das Antilhas Holandesas, decidimos ir pra o C - Curaçao. A maior delas. Cerca de 15 dias antes da viagem tivemos um pequeno contratempo. Fomos informados que o nosso voo de volta estava cancelado e que teríamos que passar mais uma noite em Curaçao ou voltar um dia antes! Após muitas horas no telefone todo o imbróglio foi resolvido e decidimos ficar mais 1 dia em Curaçao com tudo pago pela cia aérea.

 

Viajamos pela Avianca. Fazendo o trecho Recife-Guarulhos-Bogota-Curaçao. Mas tem a opção de voar pela Copa com conexão no Panamá a partir de varias cidades do Brasil ou pela InselAir, uma cia low cost com voo direto partindo de Manaus.

 

Antes de embarcar ficamos sabendo que lá em Curaçao tinha um dive center que era gerida por uma brasileira radicada há mais de 20 anos na ilha. Fizemos todo o contato e programação de todos os melhores pontos de mergulho através do email e Whatsapp. A Andhiela, brasileira do sul de Minas, veio a se tornar o nosso guia, dive master e anjo da guarda no caribe! www.goby-divers.com +59996622853 Andhiela - Goby Divers.

 

Pesquisamos os restaurantes mais conceituados na ilha pelo TripAdvisor e fizemos reserva antecipadamente. Dica: façam reserva!!! Vários deles estavam lotados.

 

Assim que chegamos em Curaçao fomos direto pegar o voucher do hotel e da alimentação para o ultimo dia, mas o guichê da Avianca estava fechado e falamos com o supervisor pelo Call Center para tentar resolver, ele pegou todos os nossos dados novamente e o hotel que estaríamos hospedados e  disse que entraria em contato.

 

Alugamos um carro e partimos para o nosso hotel! Waze na ilha pega super bem e não precisa estar o tempo todo online! Usa o wifi do aeroporto, baixa o mapa offline e pronto, bem como o App Curaçao to go, disponível em iOS e Andorid, onde mostra todas as dicas e atrações e que também funciona sem necessidade de estar conectado a internet.

 

Decidimos ficar no Marriott Curaçao Beach Resort pelo fato de ser um local mais reservado e ter uma praia privativa com os tons do Caribe. As praias do centro não são muito bonitas. As melhores são bem afastadas. Achamos este a melhor opção e sem dúvida o escolheria novamente.

 

Reservem seus hotéis através dos nossos links (banners) do Booking e do hoteis.com que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis. 

 

O hotel estava cheio e por ficarmos uma semana ganhamos um upgrade do quarto. Fomos para uma quarto de frente para a praia com varanda na areia da praia!!! Sensacional. Como já era tarde decidimos usufruir um pouco do hotel. Conhecemos as dependências, o casino e fomos a um pub no hotel comer e assistir a vibração dos locais com o ouro olímpico de Usain Bolt. Aqui também ele é ídolo e referência.

 

Fizemos contato novamente com a Andhiela e na manhã seguinte começaríamos mesmo o nosso roteiro.

 

Curaçao Marriott Beach Resort & Casino

 

Às 8:00 horas da manhã Andhiela estava nos esperando na porta do hotel e nos levou ao escritório do Dive Center para nos dar todas as orientações e o Briefings dos nossos mergulhos. Fizemos um pacote com 4 dias de mergulho com 02 tanques diurnos, sendo 01 mergulho com nitrox e o aluguel de 02 reguladores e 01 colete par todos os dias. O legal de Curaçao é que quase 100% dos mergulhos são a partir da costa. A cerca de 5-10m da costa em alguns pontos a profundidade chega a mais de 100m, a visibilidade em média é de 25-30m e a temperatura da água se mantém constante, em torno de 28 graus.

 

No segundo dia fizemos o Double Reef que é em frente ao Dive Center e Kokomo beach, praia pública mas com um infraestrutura muito boa para passar o dia relaxando e também conta com um dive center em suas dependências, bem como todas as praias de Curaçao possuem seu próprio dive center. Caso não queira contratar um dive center apenas, você pode simplesmente ir para os pontos de mergulho que encontrará todo suporte para realizar os mergulhos. O Mergulho foi simplesmente um espetáculo. 

 

Um paredão com uma quantidade impressionante de vida!!! Pra o mergulhador sentir da melhor maneira possível as boas vindas ao mar do Caribe. Os dois mergulhos foram tranquilos, mar calmo, sem arrebentação, muitos corais de fogo, anémonas, moreias, camarão palhaço, peixe leão e peixe escorpião.

 

Double Reef

 

Após os mergulhos a Andhiela nos deixou novamente no hotel e então decidimos aproveitar as benesses do resort. A noite fomos para o 1 restaurante reservado, O Serafina #8 no trip advisor, um restaurante italiano com apenas 10 mesas e um serviço bem exclusivo. O próprio dono é que serve as mesas explicando cada prato. O ponto negativo é que pedimos a carta de vinho e ele nos disse que falássemos como gostaríamos do vinho que ele diria qual o mais indicado e não nos trouxe o menu de vinhos. Jantar para um casal com entrada e uma garrafa de vinho fica em torno de U$120. Foi sugerido de entrada um carpaccio de abacaxi com lagostins que era o carro chefe da casa. Um espetáculo. Os pratos principais estavam divinamente muito bem preparados!!! Super Recomendo!!!

 

Serafina Restaurant

 

No terceiro dia iniciamos o dia pegando a estrada em direção a Playa de Porto Mari, cerca de 30 minutos de carro a oeste do centro, Willemstad. Apesar de ser uma Praia particular, onde os visitantes precisam pagar U$3,00 para usufruir de toda a infraestrutura do local, inclusive do divecenter, é um ponto de Curaçao que não pode deixar de estar no roteiro dos que visitam a ilha. Consideramos esta a segunda praia mais bonita da pequena ilha caribenha. Os tons de azul da água do mar impressiona. Um paraíso!!! Foram 02 mergulhos sensacionais apreciando as belezas da fauna e flora marinha!!! Amamos!!!

 

Playa PortoMari

 

A noite do terceiro dia fomos ao Restaurante do Exclusivíssimo Resort Baoase, #1 no TripAdvisor. Só tem acesso ao resort os hóspedes e os que possuem reserva no restaurante. Fizemos reserva com dois meses de antecedência! Mesmo com a reserva só podemos ter acesso às áreas externas do hotel. Um luxo só. O Baoase possui um sistema de Menu degustação com 04 pratos, onde já vem predeterminado a sequência, e o Menu de 05 pratos com pratos surpresas preparados pelo Chef Holandês residente. Tudo isso acompanhado por um ótimo vinho Pinot Grigio. Atendimento super sofisticado e dedicado, onde o próprio chef vem explicar todos os pratos. Sem dúvidas o melhor restaurante que visitamos em Curaçao. Experiência única e cara, o jantar sai em média nesse sistema U$300 o casal com uma garrafa de vinho.

 

Baoase Resort

 

Logo cedo partimos, novamente, para nosso roteiro de mergulho, dia de naufrágio. Como tenho especialidade em naufrágio estava ansioso por esse dia! Um cargueiro que afundou em 1978 a poucos metros da costa cheio de mercadorias para o Natal daquele ano, com destino a Venezuela. O cargueiro estava tão cheio que logo após sair do porto de Willemstad afundou, fazendo a alegria dos locais que rapidamente saquearam toda a carga do navio, composta principalmente de roupas e whisky! Este mergulho sempre que tem navio ancorado não pode ser realizado por questões de segurança dos mergulhadores. O naufrágio está localizado a 32m de profundidade e decidimos usar Nitrox 32% para melhorar nosso tempo não descompressivo. Nos preparamos em uma bancada perto do píer e partimos pra enfrentar o nado e a arrebentação do mar! Pura emoção! Logo no início tivemos uma linda e admirável surpresa: Um imenso fishball, um espetáculo da natureza. Ficamos observando a impressionante dança dos peixes e quando menos esperando estávamos no meio dessa enorme bola. Nota 1000 em questão de sincronização. Mas o objetivo era o naufrágio e depois de 5min de mergulho chegamos ao Superior Producer que ainda se encontra em muito bom estado de conservação, ideal para penetrações, além de ser muito rico em vida.

 

Preparação do Mergulho 

 

Fishball

 

De lá partimos para o nosso próximo ponto de mergulho, Marie Pompeon, um praia pública que também possui uma vila de pescadores! Um mergulho supertranquilo onde novamente vimos um fishball, só que muito menor que o do mergulho anterior. Decidimos passar no hotel e pegar nosso carro alugado para ir para o próximo ponto de mergulho e conhecer a região leste da ilha. Fomos ao Mambo Beach Club, um complexo de Bares, Restaurantes e lojinhas, Dj tocando, muita gente bonita e com infraestrutura parecida com os melhores beach clubs europeus. Tudo isso a um custo de U$3,00, parece que é até tabelado pois todas os complexos provados cobram esse valor! O Rick, mergulhador que trabalha com a Andhiela, nos falou que o Mambo fica extremamente lotado quando os cruzeiros aportam na cidade. Por sorte não tinha nenhum e podemos aproveitar com bastante tranquilidade! Vale a pena a visita!!!!

 

Mambo Beach Club

 

 

A noite fomos em direção a capital Willemstad para visitar o restaurante Gouverneur de Reuville, #17 do Tripadvisor, que se destaca mais pelo visual de sua varanda do que sua culinária. Restaurante tipo turistão, poucas opções e valor ligeiramente salgado. A vista da varanda você pode conferir a ponte da Rainha Emma iluminada e as casinhas coloridas típicas de Curaçao.

 

Vista da varanda do restaurante 

 


Comidinha e cerveja locais - Gouverneur de Reuville

 



Esse artigo foi lido 6460 vezes!

Sobre o Autor

Guilherme e Mariana Delduque

Casal de Médicos que têm como hobbie viajar e mergulhar pelos mais variados destinos do mundo.


Veja Também