Marcio no Mundo




Abismo Anhumas: uma das maiores aventuras do Brasil


Publicado em 27 Abr 17



Booking.com



Na minha opinião o melhor e mais surpreendente passeio de Bonito, Mato Grosso do Sul. Já havia visto esse passeio em várias reportagens e em vários vídeos do YouTube e sempre ficava impressionado com a beleza e a aventura. Não é pra menos que é intitulado pelo próprio site como "A maior aventura do país". 
 
 
 
 
 
 
Trata-se de um abismo de 72 metros de altura onde na base existe um lago do tamanho de um campo de futebol, com profundidade máxima de 80 metros!
 
 
 
 
É possível contratar dois tipos de passeios: flutuação e o com mergulho de cilindro! Os preços são bem salgados, mas digo com toda franqueza que vale cada centavo! Na época que fomos a descida com flutuação custava cerca de setecentos reais e o com mergulho de cilindro um pouco mais de mil reais. 
 
 
Esse é um dos passeios mais cobiçados do Brasil e para tanto é necessário fazer a reserva com bastante antecedência, principalmente se for na alta estação.  A alta estação vai de Novembro a Janeiro, pois somente nesses meses é possível ver o feixe de luz entrando na caverna! 
 
 
 
 
 
Para fazer a reserva do passeio é necessário contratar uma empresa local para fazer todo o agendamento e pagamento. Fizemos nossa reserva com a Empresa H2O Ecoturismo e ficamos encantado com toda atenção e auxílio. Recomendamos fazer as reservas com bastante antecedência pois existem passeios que possuem o número de vagas muito limitadas. Para maiores informações acessem www.h2oecoturismo.com.br ou liguem para (67) 3042-7082 | (67) 9297-5867
 
 
Para fazer o passeio é necessário fazer uma espécie de teste com rapel. O teste acontece geralmente um dia antes do passeio na sede da empresa no centro de Bonito. Para ser "aprovado" tem que subir e descer uma plataforma de 9 metros de altura. Passei com uma certa facilidade e depois nos foi passada todas as orientações.
 
 
 
 
Recomendo levar lanche leve, água, meia grossa, dois shorts, camisa, máquina fotográfica (as fotos ficam horríveis dentro), adaptador de câmera para prender no capacete. Pode levar tudo isso dentro de uma mochila que o pessoal faz a descida. 
 
 
Fui o segundo a chegar no dia do passeio e como a descida é por ordem de chegada desci juntamente na primeira leva! Vale muito a pena chegar cedo, pois tanto a descida como a subida são na ordem de chegada.
 
 
Para descer é necessário fazer um rapel negativo, tudo muito seguro e seguindo as regras da ABNT.  A descida é foi bem tranquila e teve duração de 5 minutos! Lá embaixo fiz o passeio de reconhecimento em um bote, com uma guia contando toda a história do gruta e mostrando as formações rochosas (estalagmite, estalactites e os cones aquáticos)! 
 
 
 
 
Depois do passeio coloquei o neoprene e fui fazer o mergulho. Para fazer o mergulho de cilindro é necessário ter pelo menos o curso básico de mergulho (levar a carteira no momento que for fazer a prova da roupa). O mergulho tem profundidade máxima de 18 metros e duração aproximada de 30 minutos! O mergulho foi incrível, sem dúvida o mais diferente que já fiz. Passar por entre aquela floresta de cones (são mais de 20 no lago, inclusive, o maior do mundo já catalogado) não tem dinheiro nenhum no mundo que pague essa experiência. 
 
 
 
 
Nem a água com 16 graus tirou todo aquele brilho. O mergulho é feito com neoprene de 7 mm e capuz e alivia demais a temperatura. Apenas sentir um pouco de frio nas mãos. Se tiver luva recomendo levar. Todo equipamento está incluído no preço cobrado. Ahhhh... Tem que passar um dia antes na empresa para provar a roupa.
 
 
 
 
As vagas do mergulho são bem limitadas. São apenas 4 pessoas por dia, 2 de cada vez. Se pensar em mergulhar recomendo reservar quando estiver planejando a viagem.
 
 
Ossos de um tamanduá.
 
 
Dica importante: as fotos embaixo d'água ficam horríveis! O instrutor Daniel faz várias fotos durante o mergulho e vende depois o CD por 70 reais (todas as fotos desse post foram tiradas por ele). Valeu a pena.
 
 
 
 
Após mergulho é chegada a hora da subida! Se fosse subir escalando a previsão seria de 30 a 45 minutos! Mas atualmente existe uma maneira mais fácil. Eles estão subindo as pessoas puxando! Não pensei duas vezes quando ele ofereceu essa alternativa! A subida foi muito tranquila e durou o mesmo tempo da descida! Isso mesmo! Com essa nova forma quase todo mundo agora poderá conhecer essa linda atração, inclusive, pessoa com deficiência física. 
 
 
Amei ter feito esse passeio. Realmente é uma das maiores aventuras do nosso país! Valeu a pena todo o investimento. 


Esse artigo foi lido 687 vezes!


Texto Escrito Por:

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 35 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo



Comentários

Publicidade



Booking.com

_300x250_CGH_SDU.jpg

Generic 250x250

Seguro viagem geral 250x250

Encontre-nos no Facebook




Posts Relacionados


Bonito, Mato Grosso do Sul: Guia Completo

11 Jan 18

Abismo Anhumas: uma das maiores aventuras do Brasil

27 Abr 17

Um mergulho na Lagoa Misteriosa

16 Mai 16

Posts Mais Populares


Alagoas: Dicas de São Miguel dos Milagres

Alagoas

Guia completo de Maceió

Alagoas

Praia do Patacho - uma das praias mais bonitas do Brasil

Alagoas