Dicas de Lima: restaurantes, passeios, hotéis e muito mais

  • 04 de junho de 2017


Lima é a capital do Perú e é a porta de entrada da maioria dos voos que chegam no país. A cidade é bastante organizada, com boas atrações turísticas, história rica e uma culinária mundialmente famosa. Assim que chegamos já ficamos encantados com a organização da cidade, com a grande quantidade de praças e jardins com flores!
 
 
Não deixem de ver nossos Guias de  Cusco e Machu Picchu.
 
 
 

Parque do Amor.

 

Como chegar em Lima:

 

Estádio Nacional do Peru.

 

Várias empresas aéreas fazer esse trecho. Fomos com a TAM com de milhas e pagamos 12 mil pontos o trecho, ou seja, 24 mil pontos por pessoa ida e volta. O trecho São Paulo - Lima tem duração média de 4 horas e 35 minutos e foi feito em um confortável 767. Várias outras empresas fazem esse trajeto como a LAN e a TACA.

 

Quando ir para Lima:

 

Vista de Miraflores desde de Barranco.

 

A capital peruana fica na Costa do Pacífico e faz frio no inverno e calor no verão. Mesmo no verão o vento frio que vem do Pacífico é constante, sendo ideal levar um casaco fino para sair à noite. Um fato curioso é que na cidade praticamente não chove e quase sempre o céu está cinza! Portanto, para conhecer apenas a capital qualquer época do ano é interessante.

 

 

Câmbio em Lima: 

 

A moeda do Peru é o Novo Sol e o câmbio é facilmente feito em diversos pontos da cidade! Trocamos apenas o suficiente para se locomover no aeroporto, pois o câmbio é inferior ao praticado no centro da cidade (1 usd = 3,08 soles).

 

Já na cidade trocamos nosso dinheiro em uma das várias casas de câmbio da Avenida Larco, em Miraflores. Na época que fomos, entre dezembro de 2015 e início de janeiro de 2016, fizemos o câmbio nos seguintes valores: 1 real = 0,80 soles e 1 usd = 3,38 soles.

 

Além das casa de câmbio existem, ainda, várias pessoas trocando dinheiro nas ruas, principalmente nos arredores da Plaza Kennedy, contudo, não sentir confiança mesmo tendo sido recomendado por vários locais confiáveis e o valor é praticamente os mesmos das casas de câmbio. Não justificando o risco no minha opinião.

 

Dica importante: muitas lojas e restaurantes aceitam dólar e muitas vezes com cotação superior ao praticado nas casas de câmbio, sendo uma ótima opção fazer a conversão nestes locais.

 

Resumido: na época em que viajamos achamos mais vantajoso levar o Dólar! Além disso, o real não é aceito em nenhum local.

 

Meios de transporte:

 

A cidade de Lima possui um trânsito bastante parecido com o do Brasil, com grandes engarrafamentos e muito barulho de buzinas. A melhor forma de se locomover na cidade é de táxi, pois os preços são bastante baixos. Uma informação importantíssima é que os táxis não possuem taxímetro, fazendo com que as corridas tenham que ser negociadas! Em razão desta situação muitos taxistas se aproveitam para aplicar pequenos golpes! Durante toda a nossa viagem não tivemos nenhum tipo de problema.

 

A melhor forma de não ter problema é negociar o preço antes da corrida iniciar. Recomendo que fique atento às distâncias para saber se os valores informados correspondem com o valor cobrado. É sempre bom perguntar no hotel ou restaurante quanto custa o táxi para o destino que você vai, pois desta forma o viajante já terá um parâmetro.

 

Segue alguns preços para se ter um noção: do aeroporto até Miraflores pagamos 45 soles (volta do hotel para o Aeroporto). Andando dentro de Miraflores 5 a 10 soles. Do nosso hotel em Miraflores até a Plaza das Armas 20 soles (é a atração mais afastada).

 

Quando chegamos no aeroporto Jorge Chavez de Lima preferimos pagar por um táxi privado que custou 60 soles. Mesmo assim achamos o valor tranquilo pois o Aeroporto fica em Callao, cidade a 20 km de Lima.

 

Outra forma bacana de se locomover pela cidade é pegando o ônibus turístico (aqueles vermelhos que existem em qualquer lugar do mundo, rsrs). O ônibus passa pela principais atrações da cidade.

 

Onde se hospedar em Lima:

 

A cidade possui uma ótima rede hoteleira com hotéis para todos os gostos e bolsos. Os bairros mais procurados para se hospedar são Miraflores e San Izidro.

 

Depois de muita pesquisa optamos por ficar em Miraflores, bairro onde ficam as principais atrações turísticas da cidade e local bastante seguro e com ótimos restaurantes.

 

Ficamos hospedados a convite no Hotel Hilton Lima Miraflores e adorámos o hotel. O hotel possui 5 estrelas, localização impecável, quartos espaçosos e bem decorados, funcionários sempre dispostos a ajudar e uma gastronomia fabulosa. Enfim, aprovamos e voltaremos com toda certeza!

 

 

 

Reservem seus hotéis através dos nossos links (banners) do Booking que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis. 

 

Principais atrações turísticas de Lima:

 

Parque do Amor: é uma das atrações mais conhecidas da cidade. Fica localizado no bairro de Miraflores, no alto do paredão que dá vista para o Oceano Pacífico. O local lembra bastante o Parque Guell em Barcelona.

 

 

Recomendamos dar uma volta em todo o calçadão que vai do Farol até o Shopping Lacomar. A vista é incrível e o pessoal praticando Parapente é um espetáculo à parte.

 

 

O ponto alto do parque é a escultura El Beso do artista peruano Victor Delfín.

 

 

Praça Kennedy: fica em Miraflores, na avenida Larco e possui uma boa área verde, com jardins muito bem cuidados e diversos artistas vendendo obras de arte nos arredores do praça. É neste local onde são vendido um dos melhores doces da cidade o "tres leches".

 

 

Huaca Pucclana: é um sítio arqueológico situado no bairro de Miraflores! O local já foi templo da Divindade Feminina, já foi cemitério e atualmente é um ótimo museu ao céu aberto. O ingresso custa 12 soles e dá direito a uma visita guiada de uma hora.

 

 

Plaza de Armas: é a atração mais afastada da cidade. Para ir de táxi custa em média 20 soles. É neste local onde fica a Catedral de Lima e o Palácio do Governo.

 

 

O local é muito bem cuidado, preservado e como todas as praças do Peru possui um jardim impecável. 

 

 

Parque da Reserva: também conhecido como Parque das Águas. A atração é bastante conhecida em Lima por conta das suas diversas fontes que no período da noite ficam luminosas. O local é ideal para um passeio no final da tarde, principalmente se tiver filhos menores.

 

 

A entrada custa 4 soles e funciona de quarta a domingo. É sempre bom confirmar no site!

 

 

Museus: os dois museus que mais chamam a atenção na cidade na Minha opinião são o Larco e o MATE - Museu Mario Testino.

 

Gastronomia:

 

O Peru é mundialmente famoso por sua culinária e seus renomados chefs, inclusive, vários restaurantes de Lima estão entre os mais conceituados da América Latina e do Mundo. Durante a nossa viagem conhecemos os seguintes restaurantes:

 

Social Restaurant & Bar: esse lindo restante fica no Hotel Hilton. O local é muito agradável, tem uma decoração impecável e foi um dos melhores locais que comemos em todo Peru. Os pratos possui uma apresentação espetacular e uma verdadeira junção de sabores. Vejam como foi nossa experiência.

IK Restautante: restaurante muito agradável, localizado em Miraflores. O restaurante possui uma decoração bem arrojada e uma culinária que é uma verdadeira experiência gastronômica.

O Chef Jesus preparou um menu especial com 9 passos. Todos os pratos estavam maravilhosos tanto no quesito apresentação como no sabor! Por falar em sabor a mistura de ingredientes do local é uma verdadeira explosão de sabores. Leiam nosso post completo sobre a nossa experiência no IK.

 

Preço do menu degustação de 9 passos 260 soles e de 12 passos 350 soles por pessoa. Só digo uma coisa: vale o investimento.

 

Saqra: Restaurante localizado em Miraflores, com um ambiente muito agradável, repleto de obras de arte que podem ser adquiridas pelos visitantes e grande parte dos valores são repassados para uma instituição de caridade!

Provamos de entrada uma Causa con Pulpo a ala Parrila e como pratos Adobo Arequipeño (lombo de cerdo) e Milhojas de aji de Gallina. De sobremesas provamos a famosa Bombinhas Crocantes, tudo isso regado a muito pisco! Todos os pratos que provamos estavam sensacionais. Preço médio do prato 35 a 40 soles.

 

Popular: restaurante situado no Shopping Lacomar. Fomos nele unicamente para ver o pôr do sol no Pacífico e tomar algumas cervejas. Os preços são bem interessantes. Cervejas 10 soles e várias entradas entre 10 e 20 soles. Fique de preferência no balcão do piso inferior.

 

 

La Mar: um restaurante cebicheria situado em Miraflores. O restaurante é do famoso Gastón Acurio! Ele somente funciona para almoço e está sempre lotado. Recomendamos chegar por volta das 12:30 horas para pegar alguma mesa. Chegamos neste horário e pegamos uma das últimas.

O restante é super bem decorado e possui um cardápio maravilhoso! Pedimos como entrada um Ceviche de pescado do dia (39 soles) e como prato um arroz com frutos do mar (50 soles). Ambos os pratos são muito bem servidos e estavam ótimos.

 

Cala: restaurante situado no Bairro de Barranco, com uma vista linda do Pacífico e uma decoração impecável. Pedimos de entrada mix de frutos do mar (48 soles) e como prato principal Saltado Bucanero (46 soles). Tudo estava maravilhoso! Único problema na minha opinião são os preços dos vinhos que custam no mínimo 90 soles (mas esse problema é geral em Lima).

Tanta: fomos no Réveillon de 2015. Reservamos uma mesa com bastante antecedência. Custou 160 soles por pessoa e dava direito a uma entrada, um prato principal e uma sobremesa! Tudo estava muito bom e o atendimento nota dez. Sem contar com a vista maravilhosa para queima de fogos!

Além desses restaurantes, fomos muito bem recomendados para ir no Central, Astrid y Gastón, Huaca Pucclana, Panchita Sazón, Criola e no Nikkei Maido, porém ambos estavam fechados época de final de ano.

 

Não deixem de ver nosso vídeo com dicas de Lima e aproveitem e se inscrevam em nosso canal do YOUTUBE:

 

 

Depois de Lima nossa viagem seguiu em diração à Cusco, PORTA DE ENTRADA PARA CONHECER A CULTURA INCA! Vejam nosso post.

 

Enfim, adoramos ter conhecido a cidade de Lima. A cidade é bastante agradável e seus restaurantes são o verdadeiro paraíso gastronômico na terra! Espero que tenham gostado das dicas e qualquer dúvida é só perguntar que terei o maior prazer em respondê-los.



Esse artigo foi lido 2543 vezes!

Sobre o Autor

Marcio Vital

Sou Advogado especialista em Direito Civil, Imobiliário e Trabalhista. Meu principal lazer é viajar e fotografar o mundo. Tenho um instagram que funciona como um microblog sobre minhas viagens e hoje conta com mais de vinte e cinco mil seguidores @marcion


Veja Também