Bate e volta para o Monte Fuji

  • 02 de outubro de 2015


Uma das grandes atrações do Japão e mundial é o Monte Fuji, ou Fuji-San, como chamam os japoneses. Desde o Século VIII, a montanha que na época expelia fumaça, era adorada pelos japoneses. A montanha tem 3.776m e está localizada na ilha de Honshu, entre a província de Shizooka e Yanmashi. Sua cratera tem 4 km de circunferência e é considerada um vulcão ativo, porém de baixa probabilidade de erupção. A última erupção foi em novembro de 1707.

 

A região próxima a montanha é muito bonita e conta com a presença de cinco lagos (Fuji go-ko) e de onde se tem uma vista muito bonita para a famosa montanha. A montanha se divide em dez estações . De ônibus, chega-se até a quinta estação. Para chegar de Tóquio ao Mt Fuji são 120 km. Reserve um dia inteiro para esse passeio. Muitas agências fazem o passeio que inclui, inclusiveida em navio pirata, shopping, passeio em gôndola e até parques de diversão. Fizemos por conta própria, de trem e não nos arrependemos. Essa forma inclui apenas a visita à montanha. Enfim, as opções são várias e os preços também.

 

 

As melhores opções à partir de Tóquio seriam de ônibus ou trem, ou os dois. Resolvemos fazer de trem, afinal, queríamos conhecer o famoso trem bala japonês (Shinkansen). Da estação Shinjuku, em Tóquio, até a quinta estação no Fuji, são aproximadamente três horas. A primeira parada é a estação Otsuki (2.570 Ienes), de onde se compra outro ticket para a estação Kawaguchiko (2.250 Ienes). Esse trecho é lento e elevado. O trem possui cadeiras reservadas ou não. Um fiscal vai conferir cada ticket e quem estiver no lugar errado, paga, na hora, 100 Ienes. Do lado esquerdo de quem sobe, a montanha vai aparecendo aos poucos. Realmente é monumental, linda demais. Sua base ampla impressiona. Da estação Kawaguchiko, compra-se um ticket de ônibus até a quinta estação (Fujisan).

 

 

Aqui é um bom ponto para relaxar e fazer um lanche, se desejar. Comprando ida e volta (Round trip) o custo é de 2.100 Ienes por pessoa/adulto. Ticket simples, custa 1.540 Ienes. È tudo bem organizado e, a cada dez minutos, sai um ônibus. Sao sete pontos para embarque e os ônibus são bem legais. 

 

 

 

 

A quinta estação é uma festa de turista. Aqui, encontra-se lojinhas de artesanato, templos (Komitake Shrinee principalmente, lindas paisagens. O monte está bem afrente, a seu dispor para fotos.

 

 

Os mais aventureiros podem escalar o monte,normalmente à partir da quinta estação. A melhor época é entre primeiro de julho e trinta e um de agosto.

 

 

É um passeio imperdível, vale muito a pena.

 
 
Vejam nossos outros posts sobre o Japão:
 
 
 
 



Sobre o Autor

Alexandre Calado

Médico, casado, pai e viajante nas horas vagas. Adora fotografia, tanto como compartilhar suas experiências no blog www.blogmundoa.com e no IG @blogmundoa.


Veja Também