Santiago de Compostela por @julianopessoa

  • 08 de julho de 2015


Santiago de Compostela: Um lugar místico e belo.

 

Neste post, pretendemos, apenas, dividir a experiência de estar em Santiago de Compostela numa passagem breve. Não dos deteremos em dicas de passeios, ou nomes de restaurantes, mas tão somente à sensação chegar na cidade e comprovar todo o mistério e energia que a envolvem.

 

Chegamos em Santiago de carro. Saímos da cidade do Porto, em Portugal, e seguimos pra lá.  A distância entre elas é de aproximadamente 210km. Ao chegarmos, o silêncio e a tranquilidade permeiam literalmente o lugar. Adentramos na cidade e sentimos uma energia diferente. Inexplicável. 

 

Um dos pontos de grande fluxo de pessoas é a sua praça principal. Nela, inclusive, encontra-se a imponente catedral e o edifício Hostal de Los Reyes Católicos, que fora construído no século XVI. Este edifício, quando surgiu, recebia os peregrinos efermos. Nos dias atuais, esse mesmo prédio é considerado o hotel mais antigo do mundo. 

 

Durante o final da tarde, geralmente acontece a famosa missa na bela catedral de Santiago. Nesse momento, também avistamos vários peregrinos que chegam para se juntar aos visitantes e assistir a missa. A catedral é muito bonita por dentro e tem uma capela em seu interior. 

 

Acompanhar uma missa nessa catedral é uma experiência que recomendamos!

 

No entorno, encontramos muitos artistas que ficam pintando, tocando e cantando para os visitantes que passam por ali. Durante a noite, todos que estão pela cidade se dirigem ao centro histórico para sentar, conversar e beber algo nos diversos restaurantes. 

 

A tranquilidade que é facilmente percebida durante o dia é substituída por grande agitação quando a noite chega. Outro detalhe que encanta é a arquitetura do lugar. É incrível e bela.

 

 

Santiago de Compostela é composta de várias vielas com uma iluminação diferenciada que proporciona um ar misterioso e romântico. Vários casais aproveitam para saírem passeando e dialogando entre os becos do centro histórico.

 

Antes de retornarmos para o hotel, experimentamos fazer isso e adoramos. É muito agradável e conseguimos observar com maior detalhe as belezas dessa maravilhosa cidade.

 


Por fim, vale ressaltar que passamos apenas um dia e meio na cidade, mas nosso objetivo foi alcançado. Queríamos sentir a energia, conhecer de perto um pouco de sua rotina e entender porque a cidade é considerada uma das mais especiais do mundo. E não é difícil perceber, basta observar as pessoas e sentir o lugar. É realmente mágico e pretendemos voltar em outra oportunidade.




Sobre o Autor

Juliano Pessoa

Juliano Pessoa Sou Advogado, Administrador de Empresas Especialista em Marketing e apaixonado por fotografia, cultura, arte em geral e viagem. Meus contatos: Site: www.julianopessoa.com Facebook: www.facebook.com/adv.julianopessoa Instagram: @juliano_


Veja Também