Lima: um breve relato gastronômico

  • 05 de agosto de 2015


EM LIMA

Em Lima, só tivemos tempo pra fazer o tour gastronômico, até porque eu já tinha estado outras vezes na cidade e por isso pulei, dessa vez, as atrações turísticas que, afinal, não são tantas assim. 

 

 

Como foi uma viagem de última hora, não conseguimos reserva no famosíssimo Astrid y Gastón.

Entre os restaurantes que visitamos e recomendamos, estão: 

El Mercado, do renomado chef Rafael: foi sensacional. Comida de excelente qualidade, ceviche perfeito, ambiente muito agradável. Fomos na hora do almoço, em dia de semana, e estava muito bem frequentado e super movimentado.

Tanta: fomos ao Tanta que fica no shopping Larcomar (um shopping a céu aberto, em frente ao mar, e com uma vista incrível). O ravióli de queijo de cabra com molho de tomate estava um espetáculo. Comida boa, preço justo. 

Pescados Capitales: reza a lenda que é o melhor ceviche da cidade. Provado e comprovado! O ambiente deixa um pouco a desejar, pois é um tanto frio. 

Cala: está fora do roteiro normalmente turístico, e é muito frequentado por locais (aliás, foi uma amiga peruana quem indicou). O ambiente é bem legal, pois embaixo ficam vários lounges, e rola uma música bem bacana. Já em cima, estão as mesas propriamente ditas do restaurante, em um cenário bem interessante, de frente para o mar. Quem gosta de polvo não pode deixar de provar essa entrada. A massa e o peixe que pedimos estavam sensacionais. Esse foi o restaurante que mais gostei em toda a viagem.

 

La Mar: não podia deixar de ir ao famoso La Mar. Tinha ido uma vez à sua filial em Santiago, mas pude comprovar que o original, do Peru, é realmente ainda melhor. 

 

 




Sobre o Autor

Fernanda de Castro Carvalho

Fernanda de Castro Carvalho é advogada e trabalha na ONU pela defesa dos direitos humanos. Para ela, viajar se tornou mais do que um hobby: é uma necessidade! Nas horas vagas, sonha com o próximo destino e compartilha suas dicas de viagens no insta @nosdo


Veja Também