Dicas de Buenos Aires por @julianopessoa

  • 03 de julho de 2015


Com seu estilo europeu, Buenos Aires encanta a todos os visitantes que lá desembarcam. Sua arquitetura, suas belas e verdes praças, seus bons restaurantes, enfim, vários são os motivos para visitar e curtir muito a capital portenha. 

 

Neste post trarei algumas sugestões – sem tentar exaurir – de coisas legais para se fazer nessa agradável cidade.

 

Onde ficar?

 

Se hospedar na região central, próximo a famosa rua Florida ou próximo a Av. 09 de Júlio são boas opções. Desses pontos, você conseguirá fazer boa parte do seu percurso à pé. 

 

Na última vez que estivemos em Buenos Aires, escolhemos o Obelisco Center, em frente ao Obelisco, no coração da capital. Era abrir a janela e dá uma espiadinha em um dos símbolos da cidade. Muito legal!

 

 

 

Como se locomover? 

 

Bom. Utilizar táxi em Buenos Aires funciona muito bem. Por outro lado, existe um excelente serviço de ônibus de turista(Bus Turistico) que funciona de maneira excelente. Particularmente, recomendo utilizá-lo, porque você terá a oportunidade de passar pelos principais pontos turísticos e gastará bem menos comparado ao táxi.  Preço? 01 dia:$ 260,00 e 02 dias: $ 350,00 pesos argentinos por pessoa. 

 

O que fazer na cidade?

 

Há muito o que fazer na bela Buenos Aires, mas vamos escolher algumas opções:

 

Primeiramente, ponha um tênis confortável, uma roupa leve e saia caminhando pela cidade. Vá até a rua Florida, entre em suas diversas lojas, conheça a famosa Galeria Pacífico que é linda. Ou seja, vá explorar a cidade!

 

Na rua Florida você encontrará cafés e algumas opções para comer algo e começar a entrar no clima da cidade. Após caminhar um pouco, na própria Florida – é só perguntar -, você já pode pegar o ônibus e começar o passeio pelos pontos turísticos da cidade. Importante: Não deixe de ir no Cafë Tortoni. Fica na Av. de Maio, 825, e faz parte da história de Buenos Aires. Se estiver visitando Buenos Aires pela primeira vez, tem que incluir uma ida lá.

 

 

Durante o passeio, algumas paradas serão obrigatórias, como a Casa Rosada, A Floralis Generica, o Teatro Colon, o Jardim Japonês, a Recoleta, o Obelisco(caso não fique hospedado perto), Puerto Madero, entre outros.

 

A partir de agora, passamos a mostrar um pouco do que vimos por lá, a começar pela Floralis Generica. escultura fica no centro de um parque de quatro hectares arborizados e possui um sistema elétrico que abreautomaticamente e fecha as pétalasdependendo da horado dia. Durante a noite a flor fecha e emana de seu interior um brilho vermelhoepela manhã, abre-se.

 

 

Próximo da Floralis Generica, fica o Jardim Japonês, outro ponto que vale a pena parar e apreciar por alguns minutos a tranquilidade do local. É muito bonito! Preço? $ 50,00 pesos argentinos por pessoa.

 

 

Do Jardim Japonês, outra parada muito legal que já pode incluir um lanche e uma caminhada com calma, é o Cemitério da Recoleta. Em seus quase seis hectares estãosepultados heróis da Independência, presidentes da República, militares, cientistas e artistas. Entre eles, Eva Perón, Adolfo Bioy Casares e Facundo Quiroga.

 

Outro lugar que não pode deixar de ir é no Camenito, também chamado por alguns de museu a céu aberto, porconta de suas casas de paredes coloridas, por ondeolhamos encontramos arte. Lá você encontrará váriaslojas, restaurantes, ateliês. É muito legal.

 

Em uma das noites, separe espaço para ir ao Senhor Tango. Algumas pessoas preferem outras casas por serem mais tradicionais, eu, sinceramente, já fui e não troco o Senhor Tango. A estrutura é muito melhor do que as outras opções. Agora, o jantar, pra mim, não vale a pena. Portanto, se você tiver como jantar antes e ir em seguida, é muito melhor. 

 

Para finalizar o post, vamos falar de Puerto Madero. Este é nosso local preferido em Buenos Aires. Bairro nobre da capital, abriga os imóveis mais caros da cidade e é um polo gastronômico. O lugar é incrivelmente agradável e vale a pena dedicar um bom tempo da estada paraaproveitar ao máximo a atmosfera do lugar. Seja de diaou à noite, ficamos encantados com a beleza. Nós, porexemplo, todos os dias íamos pra lá. Além de lugarespara comer, é lá que fica o famoso Cassino Flutuante.Mas vamos as fotos…

 

 

Sugerimos que você deixe para ir no final da tarde e pegar o pôr do sol lá. São incríveis espetáculos com cores maravilhosas no céu. Logo após, chega a noite e tudo fica ainda mais bonito com as luzes refletindo na água.

 

 

 

 

 



Esse artigo foi lido 1791 vezes!

Sobre o Autor

Juliano Pessoa

Juliano Pessoa Sou Advogado, Administrador de Empresas Especialista em Marketing e apaixonado por fotografia, cultura, arte em geral e viagem. Meus contatos: Site: www.julianopessoa.com Facebook: www.facebook.com/adv.julianopessoa Instagram: @juliano_


Veja Também