Dicas de Sydney: a mais bela cidade da Austrália

  • 20 de setembro de 2018


A bela cidade de Sydney foi o nosso segundo destino na Austrália. Nossa viagem começou na Nova Zelândia (Auckland e Queenstown) e depois fomos para Melbourne, na AustráliaSydney sempre me encantou bastante, seja pelo fato de ter sediado uma Olimpíada, seja por ter um dos réveillons mais famosos do mundo com a famosa queima de fogos na Harbour Bridge. 

 
 
 
O país superou todas as minhas expectativas. Costumo falar que a Austrália é um Brasil que deu certo, pois possui belezas naturais, ótima infraestrutura, belas praias, povo simpático e hospitaleiro, praticamente não existe desemprego e corrupção e a qualidade de vida é uma das melhores do mundo, quiça a melhor.
 
 
Surfistas em Bondi Beach.
 
 
Como ir para Sydney:
 
 
Região de Darling Harbour.
 
 
Existem várias formas de se chegar em Sydney. Para nós brasileiros, a melhor maneira é através do Pacífico, saindo de Buenos Aires, na Argentina ou de Santiago, no Chile. Fomos e voltamos via Pacífico, através da empresa australiana Qantas. O trecho São Paulo - Sydney custa em média 4 mil reais. Portanto, qualquer valor abaixo disso pode comprar que você estará fazendo um ótimo negócio.
 
 
Compramos nossas passagens com quase 10 meses de antecedência e pegamos uma promoção por 3,5 mil reais, indo pela Nova Zelândia e voltando pela Austrália.
 
 
 
 
O voo pela Quantas superou todas as nossas expectativas. Fomos pela econômica e as poltronas são um pouco maiores, o atendimento impecável durante todo voo, display com diversos vídeos e funções. Efim, até o momento foi a melhor empresa que já voei e olhe que tenho muitos Km de voos, rsrsrsrs.
 
 
Visto para Austrália.
 
 
Para ingressar na Austrália os brasileiros precisam de visto. Escrevemos um post específico sobre o assunto para não deixar nosso Guia tão longo (veja como tirar o visto. CLIQUE AQUI).
 
Quando ir para Sydney:
 
 
A cidade possui as estações do ano bem definidas, portanto, a melhor época vai depender muito do interesse do viajante. Fomos em pleno inverno e adoramos! Por incrível que pareça é uma das épocas que menos chove. Pegamos sol todos os dias e temperaturas média de 17 graus. Ou seja, estava muito agradável. Basta olhar as fotos!
 
 
Sunset com vista para Harbour Bridge.
 
 
Onde ficar hospedado:
 
 
Sydney possui hotéis para todos os gostos e bolsos. Na minha opinião as duas melhores regiões para se hospedar na cidade seria próximo ao Darling Harbour e próximo ao Circular Quay.
 
 
 
 
Ficamos em Potts Point, região a 25 minutos de caminhada da Ópera, contudo, não recomendamos. Nos hospedamos no hotel Sprinfield Lodge. O hotel nos serviu bem, entretanto, a localização deixou um pouco a desejar. Conheçam outros hotéis da cidade clicando aqui e aproveitem e façam sua reserva.
 
 
Onde comer em Sydney:
 
 
A Austrália e a Nova Zelândia levam a culinária bastante a sério! Então muito dificilmente você vai comer mal nesses dois países. As regiões mais agradáveis para de comer são no Circular Quay, no The Rocks e em Darling Harbour.
 
 
Região da Ópera House.
 
 
Durante nossa visita comemos nos seguintes locais e recomendamos todos: Ópera Bar - situado na região de Circular Quay, mais precisamente embaixo da Ópera House. Fomos em duas oportunidades, uma para almoço e outra para tomar uns drinks e pegar o final de tarde. No almoço comemos o prato Rangers Valley Rump e adoramos.
 
 
Ópera Bar.
 
 
Water Front Grill - restaurante situado na região de Darling Harbour. Local especializado em carnes! Todos os pratos que pedimos estavam sensacionais! A cerveja no período do happy hour custa 10 AUD o litro. Muito mais em conta que os outros horários.
 
 
Boccane - está entre os melhores restaurantes de Sydney segundo o tripadvisor. Restaurante italiano com massa feita no próprio local. Comemos um típico macarrão a Boscaiola e estava impecável. 
 
 
Como se locomover em Sydney:
 
 
A cidade de Sydney possui transporte público impecável. Do aeroporto até o nosso hotel contratamos um serviço de transfer que custou 14 AUD por pessoa. Na cidade a melhor forma de se locomover é andando, pois as principais atrações são relativamente próximas e a cidade é bastante segura.
 
 
O metrô custa 4 AUD o trecho e tem estação próxima aos principais pontos turísticos. Os ônibus também são uma ótima opção. São bastante pontuais e cobrem toda cidade.
 
Bondi Beach
 
Como o centro de Sydney fica localizado em uma baía o ferry também é uma opção para o transporte.  Além de possuir uma vista diferenciada da cidade é possível desfrutar de Wi-Fi gratuito.
 
Baía de Sydey.
 
 
Principais atrações de Sydney:
 
 
1 - A Baía de Sydney – é um dos destinos mais conhecidos da cidade. É nesta região onde está localizado a Opera House e também a Harbour Bridge. A região é ideal para passear e apreciar a vista mais incrível da cidade.
 
 
 
 
2 - Darling Harbour – nada mais é do que um bairro da cidade que foi totalmente remodelado, o que antes era um bairro industrial agora é um bairro turístico. Ideal para todas as idades e para qualquer horário. Visitamos nesta região o Sea Life (Aquário de Sydney) e o Wild Life (mini zoológico com várias espécies da região) ;
 
 
 
 
3 - Sydney Harbour Bridge – fica situada na baía de Sydney e foi construída em 1932 e desde então era considerada um dos mais bonitos pontos turísticos de Sydney. É possível fazer a travessia da ponte andando. O passeio rende fotos incríveis;
 
 
 
 
4 -  Sydney Opera House – é o símbolo máximo da cidade e é conhecido por sua ousada arquitetura. Foi projetada pelo dinamarquês Jorn Utzon e é uma das principais casas de espetáculos da Austrália. Assistimos uma Ópera no local e gostamos demais (veja como comprar ingresso);
 
 
 
 
5 - Bondi Beach – é a praia mais conhecida de Sydney. Nas proximidades existem vários restaurantes, bares, e cafés. Ideal para passar um dia na região (post específico);
 
 
 
 
6 - Manly Beach – A praia realmente é muito bonita e possue uma infraestrutura muito bacana e vale muito a pena uma visita. Recomendo separar um dia inteiro para curtir a região.
 
 
 
7 - Sydney Tower  - é o maior edifício de Sydney. A vista da torre é muito bonita e é possível ter uma visão panorâmica da cidade. No último andar tem um restaurante onde é possível jantar ou almoçar admirando a linda cidade de Sydney;
 
 
 
 
8 - Taronga Zoo –  é o principal zoológico da cidade. Nele é possível observar várias espécies de animais como o Canguru, o Coala e Ornitorrinco. O zoológico possui uma vista incrível da cidade;
 
 
 
9 - Botanic Gardens - jardim localizado no coração da cidade onde é possível observar diversas espécies de plantas e animais;
 
 
 
 
10 - The Rocks - parte mais antiga da cidade. Fica localizada do lado da Harbour Bridge e possui vários bares e restaurantes.
 
 
 
Recomendamos passar no mínimos 4 dias inteiros na cidade, pois a mesma possui várias atrações turísticas e passeios nos arredores. Ficamos 3 dias inteiros e achamos insuficientes ( Veja o passo a passo do nosso roteiro).
 
 
Assistam nosso vídeo com as principais atrações de Sydney e não deixem de se increver no nosso canal:
 
 
 
 
 
Enfim, adoramos conhecer a Austrália e amamos conhecer Sydney. Com certeza voltaremos para desbravar ainda mais essa linda cidade! Espero que tenham gostado das dicas e qualquer dúvida teremos o maior prazer em tentar ajudar.


Esse artigo foi lido 1075 vezes!

Sobre o Autor

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 35 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo


Veja Também