Auckland - Tour dos vinhos pela ilha de Waiheke

  • 09 de agosto de 2015


Waiheke Island é bastante conhecida na Nova Zelândia pelo grande número de vinícolas que a ilha possui. Em razão desta peculiaridade várias empresas oferecem passeios para conhecer o local.

 

 

Conhecemos esse passeio através do blog do amigo Oscar (blog Viajoteca) que na minha opinião é um dos melhores quando o assunto é Nova Zelândia.

 
 
 
Já com algumas dicas anotadas fomos ao píer de Auckland e verificamos que existiam três tipos de passeio para Waiheke, quais sejam:
 
  1. Waiheke Explore - incluía o Ferry de ida e volta mais o ônibus que percorre a ilha e custava 55 NZD;
  2. Wine on Waiheke - possuía o Ferry de ida e volta e passeio por três vinícolas e o passe do ônibus e custava 125 NZD;
  3. Taste of Waiheke - Ferry de ida e volta, vinícolas e um lanche e custava 135 NZD;
 
Optamos por fazer o Wine on Waiheke e pagamos diretamente no píer com a empresa Fullers. É interessante reservar o passeio com um dia de antecedência para enviaram surpresas.
 
 
 
 
O passeio saia de 13 horas do pier central de Auckland, contudo, optamos por sair mais cedo e conhecer um pouco mais da ilha. O trajeto até Waiheke durou em torno de 30 minutos e a vista é de tirar o fôlego.
 
 
 
 
Assim que chegamos na ilha pegamos o ônibus e fomos para Oreroa Bay, uma praia situada a pouco mais de 1 km do píer.
 
 
 
 
O local é simplesmente incrível. Tiramos varias fotos do local, passeamos pela orla e comemos a famosa torta de carne da região em uma das lanchonetes situadas na Oreroa Village.
 
 
 
Depois voltamos para o pier onde pegamos nosso tour. Nossa primeira parada foi na Mudbrick Vineyard. Uma vinícola com vista para o mar, com um belo restaurante.
 
 
 
Lá fizemos a degustação de três vinhos: Reserva Merlot Cabernet Sauvignon, Chardonny e Syrah e por sinal todos estavam fantásticos.
 
 
 
 
Depois da degustação passeamos pelo local com nosso guia e conhecemos um pouco da história da vinícola. A vinícola possui um restaurante bastante conceituado que possui uma vista maravilhosa. Infelizmente como o tempo era curto não conseguimos almoçar no local, mas fica aqui a dica! 
 
 
Restaurante da Mudbrick.
 
 
Nossa segunda parada foi em uma pequena vinícola chamada Goldie Vineyard. 
 
 
 
 
A vinícola era bem menor que a primeira, entretanto, os vinhos também era de altíssima qualidade. Degustamos Syrah, Merlot, Chardonny e Sauvignon Blanc harmonizado com torradas e geleias produzidas na região.
 
 
 
Por fim, fomos conhecer a famosa vinícola Te Whau que também possuía uma vista sensacional e vinhos de ótima qualidade.  A vinícola possui um premiado restaurante, entretanto, o mesmo somente abre no período do verão. 
 
 
Após toda explicação do simpático proprietário compramos algumas garrafas do famoso vinho. Por falar em vinhos por todas as vínicolas que passamos no passeio existia uma lojinha onde era possível comprar vinhos da região. 
 
 
Não deixem de assistir o vídeo do nosso tour na ilha e aproveitem e assinem meu canal do Youtube:
 
 
 
 
Gostamos bastante do nosso passeio e indicamos para todos! Acredito que todos os Tours são bacanas, contudo, esse em especial passou por vinícolas premiadas e foi o que mais nos agradou. 
 
 
A ilha dos vinhos se revelou um local incrível nos arredores de Auckland. Para os amantes da boa gastronomia e dos vinhos recomendo passar um ou dois dias na região explorando as vinícolas com bastante calma.
 
 
 
 
 
E você, o que achou desse passeio? 
 
 


Esse artigo foi lido 5773 vezes!

Sobre o Autor

Marcio Vital

Sou Advogado especialista em Direito Civil, Imobiliário e Trabalhista. Meu principal lazer é viajar e fotografar o mundo. Tenho um instagram que funciona como um microblog sobre minhas viagens e hoje conta com mais de vinte e cinco mil seguidores @marcion


Veja Também