Roma - Dicas da "Cidade Eterna"

  • 06 de janeiro de 2016


Roma é a capital da Itália e foi capital da Império Romano durante vários anos. É conhecida como "A Cidade Eterna", uma ideia expressa por poetas escritores da Roma Antiga e é mundialmente conhecida como o berço da civilização ocidental.

 

Posts Relacionados:
 
 
 
 
 
 
 


Estar em Roma é o mesmo que estar em um imenso museu ao céu aberto, onde a cada esquina existe um monumento mais bonito que o outro! Para conhecer os principais pontos turisticos de Roma são necessários pelo menos 3 dias inteiros. Falo isso entrando dentro dos museus e fazendo uma visita tranquila.

 

 

Quando ir para Roma:

 

Roma é linda em todas as estações do ano. Tudo funciona durante todo o ano, portanto, qualquer dia é dia para conhecê-la. Fui em dezembro e em abril: Em dezembro a cidade estava linda, toda decorada para o Natal (pegamos temperatura média de 5 graus). Já em Abril a temperatura estava bem agradável (média de 16 graus). 

 

 

Onde se hospedar: 

 

Roma conta com diversas opções de hotéis, hosteis, B&B (conceito de hotel que está se difundindo cada vez mais. A tradução seria Bed and Breakfast (cama e café da manhã). São locais onde não existem alguns dos serviços dos hotéis), contudo, os preços estão entre os mais caros da Europa. Ficamos hospedados nos seguintes hotéis: 

 

(i) Domus Paladina (Piazza Manfredo Fanti, 10), fica localizado a 300 metros da estação central (Roma Termini). Os preços custam na baixa estação uma média de 100 euros;


(ii) Na nossa última estada, ficamos em um B&B ótimo, com quartos espaçosos. Se chama de Rattazi Guesthouse (via Rattazzi, 22), com preço médio de 120 euros. O único ponto negativo é que a região é repleta de imigrantes, contudo, não tivemos nenhum problema, muito pelo contrario, fomos muito bem tratados.

 

CONHEÇAM OS HOTÉIS DA CIDADE CLICANDO AQUI.

 

Como chegar em Roma:

 

Não existe aquele provérbio "QUEM TEM BOCA VAI A ROMA" (sei que o correto é quem tem boca vaia Roma) Para ir para Roma é a mesma coisa! Pode-se chegar Roma de varias formas.

 

1) avião: diversas companhias aéreas fazer esse trecho. Fomos pela Easy Jet e voltamos pela Vueling, ambas são empresas europeias de low coast, ou seja, tem um custo bem menor que as demais empresas.

 

2) Trem: a estação Central de Roma (Roma Termini) fica dentro da cidade, portanto, é uma excelente opção.

 

Como se locomover em Roma:

 

Ao contrario de que muitas pessoas pensam, Roma é uma cidade com dimensões territoriais muito pequena. Para se ter uma noção, a distância entre o Coliseu (ponto turistico mais afastado de um lado da cidade) e a Basilica de São Pedro (Ponto turistico mais afastado do outro extremo que fica na Cidade do Vaticano) é de 3,3 km  (11 minutos de carro ou 40 minutos de uma agradável caminhada).

 

Resumindo: nos meus roteiros procuro fazer quase tudo andando, como em Roma tudo é perto fizemos a cidade toda andando. 
 

Metrô - Quem não gostar de andar pode usar o Metrô que funciona muito bem, com paradas estratégica próximo aos principais pontos turítiscos. Vejam as principais estações com os principais pontos turísticos:

 

 

Barberini - Nesta estação fica  a Fontana di Trevi. Fica relativamente próximo da Piazza Navona e do Pantheon.
Spagna - fica do lado da piazza spagna e próximo a via del corso.
Flaminio - fica  próximo da Piazza del popolo, Vila Borguese e Via del corso.

 

piazza del popolo

 

Colosseo - fica próximo do coliseu e o foro romano. Fica relativamente perto do monumento Vittorio Emanuelle.
Ottaviano San Pietro -  É a estação mais próxima do Vaticano e do Museu do Vaticano. Fica relativamente próximo do Castelo de Santo Ângelo.

Táxis - outra excelente maneira de se locomover são os táxis, pois tudo fica perto e as corridas são baratas (média de 10 euros). Um táxi para o Aerporto de Fiumicino custa em torno de 45 euros.

 

Os principais pontos turísticos de Roma são:

 

Coliseu - Monumento mais conhecido de Roma, com certeza um dos mais conhecidos do mundo. Era lá onde os gladiadores romanos travavam seus duelos.

 

 

Fontana di Trevi - é um das atrações mais procuradas de Roma e foi construída no século XVIII. Dizem que jogar uma moeda na Fontana di Trevi garante mais uma visita a Roma.

 

 

Pantheon - Esse lindo local é um dos únicas edificações do Império que ainda está em pé. Fica entre a Fontana di Trevi e a Piazza Navona.

 

 

Vittorio Emanuelle - para mim é um dos momunentos mais bonitos de Roma. Foi construído recentemente.

 

 

Piazza Spagna - Na minha opinião é uma das principais atrações de Roma. O conjunto conta com a fonte La Barcaccia e a igreja Trinità dei Monti.

 

 

Piazza Navona - é uma das praças mais charmosas de Roma, possui três fontes: Fontana dei Quattro Fiumi, Fontana di Nettuno e Fontana del Moro. 

 

 

Via del Corso - principal via de compras da cidade. É nas suas próximidades que ficam as principais lojas mundialmente famosas.

 

Foro Romano - Foi durante séculos o centro da vida pública romana: o local de várias cerimônias e das eleições. Ideal para admirar tanto durante o dia como durante a noite.

 

 

Castelo de Santo Ângelo - castelo situado próximo ao Vaticano.

 

Vista do Vaticano da ponte em frente ao Castelo.

 

 

Vista do Vaticano da ponte em frente ao Castelo.

 

Vaticano - Vejam nosso post específico sobre essa linda cidade estado.

 

Onde comer: 

 

a comida italiana é fantastica! As pizzas e as massas são uma delícia. Os restaurantes são muito charmosos e quase todos têm uma aréa externa bem agradável. Os vinhos são maravilhosos (recomendo tomar um Chianti, Brunello di Montalcino ou um Amarone)! Não recomendo comer nos restaurantes que ficam em frete aos pontos turísticos (são mais caros, possuem atendimento ruim e a comida geralmente não é boa)! Existem vários restaurantes deliciosos no caminho entre a Fontana di trevi e a Piazza Navona.

 

E você, o que achou dessa linda cidade?



Esse artigo foi lido 4308 vezes!

Sobre o Autor

Marcio Vital

Sou Advogado especialista em Direito Civil, Imobiliário e Trabalhista. Meu principal lazer é viajar e fotografar o mundo. Tenho um instagram que funciona como um microblog sobre minhas viagens e hoje conta com mais de vinte e cinco mil seguidores @marcion


Veja Também