Dicas de Queenstown: a capital mundial dos esportes radicais

  • 21 de março de 2017


Queenstown é uma pequena cidade, com quase 30 mil habitantes, localizada na ilha sul da Nova Zelândia e é mundialmente famosa por suas belezas naturais e por ser a capital dos esportes radicais e de inverno da Nova Zelândia. A ilha sul toda possui paisagens de tirar o fôlego, sendo um convite especial para quem gosta de tirar fotos. Já deu para perceber que eu adorei né rsrsrsrs. 
 
 
Vejam o vídeo com os melhores momentos da nossa viagem e aproveitem e se inscrevam em nosso canal do Youtube.
 
 
Para chegar do Brasil até Queenstown é preciso comprar o voo até Auckland na ilha norte e depois comprar um trecho interno entre Auckland e Queenstown que tem duração de uma hora e vinte e custa em média 100 NZ ou caso você esteja na Austrália compra um voo direto de várias cidade como Sydney e Melbourne.
 
 
Vista da viagem entre a ilha norte e a ilha sul.
 
 
Foi por essas e por outras que o diretor neozelandês Peter Jackson gravou diversas cenas de vários filmes como a trilogia do "Senhor dos Anéis" e o "The Hobbit" neste paraíso
 
 
Lake Wakapitu.
 
 
O local possui vários atrativos radicais. Os principais esportes radicais são: o passeio de barco skippers; Paraglading; Bungy Jump e o Snowboard.
 
 
Paragliding.
 
 
Já em relação aos esportes de inverno a cidade é cercada por montanhas ficando próxima a inúmeras estações de esqui. As três principais estações de esqui de Queenstown são: Coronet Peak (ideal para intermediários e avançados), The Remarkables (ideal paga iniciantes e intermediários) e a Cardrona (considerada uma das melhores da Nova Zelândia).
 
 
Estação de Esqui de Cardrona.
 
 
Outro grande atrativo da cidade são as vinícolas, pois o local a região fica inserida no famoso vale Central Otago, uma dos locais de maior produção de vinho do país. O vinho é de alta qualidade tanto é que compramos mais de 8 garrafas.
 
 
Passamos 4 dias inteiros na cidade e achamos a medida certa, pois conseguimos conhecer as principais atrações e fazer os principais passeios da cidade e arredores.
 
Vista do Alto de Queenstown.
 
 
Quando ir para Queenstown:

 

Outro fator perfeito em Queenstown é o clima que é muito bem definido, possuindo as 4 estações bem delineadas, sendo quente no verão e fria no inverno.

 

 

Então a melhor época do ano para conhecer a cidade vai depender única e exclusivamente do interesse do viajante. Ou seja, se procura fazer atividade com neve a melhor época é no inverno, mas se prefere fazer atividades outdoor o melhor é ir no verão.

 

Onde ficar hospedado Queenstown:

 

A cidade é ideal para todos os gostos e bolsos, pois possui diversos albergues para os mochileiros e uma grande variedade de lodge, hotéis e resorts. Ficamos hospedados no Hotel Rydges, hotel bastante conhecido na cidade que fica localizado em frente ao lago Wakapitu, a poucos passos do centro de Queenstown. O hotel possui ótimos quartos, bom restaurante e atendimento nota 10. Gostamos bastante do hotel e recomendamos (clique aqui e conheçam todos os hotéis de Queenstown).

 

Conheçam todos os hotéis e pousadas de Queenstown CLICANDO AQUI e reservem através dos nossos links (banners) do Booking e do hoteis.com que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis.  

 

Onde comer:

 

A maioria dos restaurantes da Nova Zelândia possuem ótima comida e pratos com apresentação magnífica! Isso se deve muito a seriedade com que a gastronomia é tratada no país. Tenho um amigo da época do colégio que mora em Auckland e ele sempre comentava que a NZ leva a culinária muito a sério e o nível dos restaurantes é muito alto (vejam nosso post específico com dicas de onde comer na cidade).

 

 

Para quem gosta de vinhos uma atração imperdível é conhecer o The Winery, local onde é possível degustar mais de 80 tipos de vinhos neozelandeses. Assista o nosso vídeo para ver como funciona esse local:

 

 

Como se locomover em Queenstown:

 

A cidade de Queenstown é muito pequena, sendo possível conhecer todas as atrações existentes na cidade andando.

 

 

Para os passeios mais distantes é possível alugar carro (o que eu sinceramente não recomendo pelo fato do país possuir mão inglesa) ou ir com os passeios contratados (foi a nossa opção).

 

O táxi do aeroporto até o centro da cidade custa em média 35 NZD. Um ponto favorável é a presença de táxis Van onde é possível acomodar até 6 pessoas com bagagem grande.

 

Principais atrações da cidade:

 

1) Lake Wakapitu – a cidade de Queenstown fica situada as margens desse imenso lago. No local é possível praticar diversos esportes. Além de possuir uma vista fabulosa vários dos principais restaurantes ficam nas suas margens;

 

 

2) Skyline Gôndola – é a principal atração da cidade. Trata-se de um teleférico que leva até o topo da montanha que fica localizada dentro da cidade de Queenstown. Do alto é possível ter uma vista panorâmica da cidade e praticar diversas atividades, entre elas o Luge (espécie de carinho de corrida que desce um grande trecho da montanha) e o Paraglider;

 

 

3) Centro – o centro da pacata cidade de Queenstown é repleto de bons restaurantes, bares, lojas de grife e de artesanato local. O local é ideal para passear tanto durante o dia como durante a noite! 

 

4) Píer – é deste local onde partem vários passeios pelo lago Wakapitu. Além disso, no local existe um centro comercial com vários restaurantes, bares e um Cassino. Jantamos na região em duas oportunidades.

 

 

Arredores de Queenstown :

 

Existem diversos passeios que podem ser feitos nos arredores de Queenstown. Vou citar apenas alguns aqui: passeio para vinícolas; Lake Wanaka; Bungy Jump; Estações de Esqui; Visitas a Fazenda; Fiordland Nacional Parque; Milford Sound; passeio até a cidadezinha de Glenorchy.

 

Durante nossa viagem fizemos vários passeios legais e fizemos posts específicos sobre cada um deles. Vejam todos os nossos posts da Nova Zelândia clicando nos links abaixo:

 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

Milford Sound.

 

Enfim, ficamos encantados com as belezas da ilha sul da Nova Zelândia e amamos o clima agradável da pacata cidade de Queenstown. Recomendamos demais para pessoas de todas as idades, pois a cidade possui todos os tipos de atrações. Espero que tenham gostado das dicas e qualquer dúvida é só perguntar que teremos o maior prazer em respondê-los.



Sobre o Autor

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 35 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo


Veja Também