Little Índia e Árab Quarter

  • 04 de setembro de 2015


Cingapura é uma cidade-estado multicultural e possui uma grande quantidade de bairros étnicos. Na nossa viagem visitamos o bairro indiano, o bairro chinês e o bairro árabe. Neste post vamos mostrar um pouquinho da nossa visita ao bairro Árabe e Indiano.

 

Fomos de metrô para o bairro indiano. A estação de metrô se chama Little Índia. A região fica relativamente próxima de Marina Bay, portanto, outra boa maneira de conhecer a região é de táxi.

 
 
Principal cartão postal do bairro indiano: Sri Veeramkaliamman.
 
 
A região é bem exótica, cheia de de especiarias e objetos de decoração indiano. Durante nosso passeio vimos várias mulheres usando saris e homens usando a vestimenta típica.
 
 
 
A principal atração do bairro indiano é o templo Hindu de Sri Veeramkaliamman, que fica na Serangoon Road. É possível entrar em seu interior, contudo, é necessário observar o horário e a vestimenta. Infelizmente não conseguimos conhecer.
 
 
 
 
A principal rua do bairro indiano é a Serangoon Road e é nos seus arredores onde é possível encontrar todas aquelas especiarias: jóias, tecidos, flores, e temperos. 
 
 
Depois de conhecer o bairro indiano partimos à pé para o bairro Árabe que fica a uns 20 minutos de caminhada. Para quem quiser ir de Metrô a estação mais próxima é a Bugis. .A principal atração do Arab Quarter é a Sultan Mosque e suas lojinhas.
 
 
Sultan Mosque
 
A região também possui ótimas opções de tecidos, jóias, bijuterias e roupas. Compramos alguns presentes para nossa família no local. Os preços são bons, mas não são baixos como em Chinatown.
 
 
Lojinhas no bairro Árabe.
 
 
Após o passeio almoçamos em um dos vários restaurantes turcos em frente a mesquita e adoramos. Um grande amigo visitou a região recentemente e me falou que comeu em um restaurante italiano chamado Fabbrica Pizzaria e amou. Então fica essa dica!
 
 
Não deixem de assistir o vídeo com os melhores momentos da nossa viagem e aproveitem e assinem nosso canal do Youtube:
 
 
 
 

Adoramos ter conhecido essa região. Sem dúvida vale muito a pena encaixar no roteiro, principalmente para quem gosta de conhecer a cultura dos outros países, em especial a Árabe e a Indiana. 




Sobre o Autor

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 35 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo


Veja Também