Nossa experiência pelas praias mais bonitas do mundo

  • 01 de fevereiro de 2017


As praias da Tailândia sempre foram um dos nossos maiores sonhos de consumo! Sempre que víamos fotos e vídeos da região ficávamos enlouquecidos com toda àquela beleza. Mas confesso que não é tarefa fácil montar um roteiro para região, pois existem inúmeras praias e duas grandes portas de entrada!

 

 

Primeiro é importante decidir por onde chegar. Existe tanto opção para se chegar por Phuket quanto por Krabi. Ambos ficam em lados totalmente opostos e tem como ponto intermediário entre um e outro a ilha de Phi Phi Island.

 

Mapa ilustrativo da região.

 

Depois de muita pesquisa e de escutar falar muito mal de Phuket por conta do grande número de prostitutas que existem na região e por não possuir praias tão bonitas quanto as que ficam próximas à Krabi optamos por chegar por Krabi e montar toda nossa base em Ao Nang, praia que tem a melhor estrutura da região.

 
 
Ao Nang se mostrou um excelente ponto para quem procura fazer as ilhas da Tailândia. A praia possui ótima estrutura, bons hotéis, ótimos restaurantes, casas de câmbio, agências de turismo, escolas de mergulho, mercados e várias lojinhas.
 
 
Ilhas próximas à Ao Nang
 
 
Não espere de Ao Nang a melhor praia do mundo, mas a mesma fica a 15 minutos de longtail, barco típico da região, de uma das praias mais lindas da Tailândia que se chama Railay Beach.
 
 
Praia de Ao Nang.
 
 
Chegamos no aeroporto de Krabi e pegamos uma Van para Ao Nang! Pelo que pude perceber os preços são tabelados e custa 600 Bath o táxi e 1000 a Van. O trajeto entre Krabi e Ao Nang dura mais ou menos 30 minutos. 
 
 
Quando ir:
 
 
A decisão da época ideal para visitar a região das praias da Tailândia é de fundamental importância, pois a escolha errada pode frustrar as férias do viajante. Fomos no período do réveillon de 2014 para 2015 e pegamos dias maravilhosos de sol.
 
 
Maya Bay - Phi Phi Island.
 
 
Para facilitar a escolha escrevemos um post mostrando através de gráficos quais são os melhores meses para viajar. CLIQUE AQUI.
 
 
Onde se hospedar:
 
 
A Tailândia em geral possui uma excelente rede hoteleira, com hotéis para todos os gostos e bolsos. Na região de Krabi não é diferente. 
 
 
Primeiramente o viajante tem que decidir que tipo de hospedagem irá querer. Se vai querer ficar próximo aos locais mais badalados (recomendaria Ao Nang) ou se vai querer ficar em resorts na beira do mar no estilo lua de mel (recomendaria Railay Beach).
 
 
 
 
Piscina do Pakasai.
 
 
 
 
Praia de Railay Beach.
 
 
Uma outra opção para quem possui dias de sobra na região é fracionar  hospedagem entre a costa (Ao Nang ou Railay Beach) e Phi Phi Island, uma das ilhas mais cobiçadas do mundo. Neste caso recomendaria passar 4 dias na costa para fazer os principais passeios e dois ou três dias em Phi Phi e a volta pode ser tanto por Krabi quanto por Phuket.
 
 
 
 
 
 
Restaurantes em Ao Nang:
 
 
A culinária tailandesa é simplesmente maravilhosa, porém um pouco apimentada! Mesmo pedido NO SPICY (sem pimenta) a comida ainda vem um pouco temperada, mas para a gente não foi problema. A cidade conta com diversas opções de restaurantes de várias nacionalidades. Comemos no Blue Mango e no Ao nang Cuisine e gostamos bastante de todos.
 
 
Drinks da região.
 
 
Como se locomover em Ao Nang:
 
 
A praia é bem pequena e é possível fazer tudo à pé dependendo da localização do hotel. Caso o hotel seja mais afastando é possível ir de táxi ou tuc tuc, que é baratíssimos . 
 
 
Réveillon na Tailândia:
 
 
Passamos réveillon em Ao Nang e assistimos a queima de fogos e os balões tailandeses, uma experiência única. Em relação a animação não espere nunca festas iguais a do Brasil.  
 
 
 
 
Principais passeios:
 
 
Na cidade existem diversas empresas vendendo os passeios das ilhas. Eles podem ser feitos em Longtail pequeno ou grande (barcos tradicionais da Tailândia) e de speed boats (lanchas rápidas). Recomendo fazer os passeios de longtail para ilhas próximas e de lancha rápida para as ilhas mais distantes como Phi Phi Island.
 
 
Inventamos de fazer o passeio para Phi Phi de longtail pequeno e nos arrependemos fortemente. O passeio levou duas horas e meia no meio do mar aberto!
 
 
Os principais passeios da região são:
 
a) passeio das 4 ilhas: durante esse passeio é possível conhecer as ilhas que ficam mais próximas a costa. Visitamos Railay Beach (eles vendem como ilha mas na verdade é apenas uma praia), Chicken Island, Poda Island e Tup Island. Fizemos esse passeio no primeiro dia e adoramos. Escrevemos um post contando toda nossa experiência.
 
 
Tup Island.
 
 
 b) Phi Phi Island: a famosa ilha de Phi Phi fica localizada no meio do Andaman sea, a mais ou menos uma hora de lancha rápida e 2 horas de longtail. É nesta região onde fica localizada a incrível Maya Bay, praia onde foram gravadas várias cenas do filme "A Praia". Escrevemos sobre esse passeio. CLIQUE AQUI.
 
 
 
 
 c) Railay Beach: é na minha opinião uma das praias mais bonitas da Tailândia. Fomos para essa praia em duas oportunidades. Uma no passeio das 4 ilhas onde passamos cerca de duas horas e em outro dia onde passamos o dia inteiro! O local possui vários restaurantes, lojinhas, opções para esporte e um mar maravilhoso! 
 

Passeio de Longtail pequeno.
 
 
Os passeios de longtail grande e speed boat são negociados diretamente nas várias agências de turismo da cidade e os passeios de longtail pequeno são contratados em um quiosque que fica praia.
 
 
Não deixem de admirar todos os dias no fim da tarde o espetáculo do pôr-do-sol da Tailândia! 
 
 
 
 
Gostamos bastante de ter escolhido a cidade de Ao Nang como ponto de apoio para conhecer as ilhas da Tailândia. Na próxima vez que voltar a região ficaremos alguns dias em Railay Beach e outros hospedados em Phi Phi Island.
 

Vídeo com os melhores momentos da nossa viagem pelas praias da Tailândia:

 

 
 
Qualquer dúvida é só perguntar que teremos o maior prazer em responder.


Esse artigo foi lido 1186 vezes!

Sobre o Autor

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 35 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo


Veja Também